A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

29/04/2009 16:40

Polícia encerra Caso Dudu e termina com mistério amanhã

Redação

Depois de manter a investigação em sigilo por meses, a Polícia Civil convocou entrevista coletiva para detalhar o encerramento do "Caso Dudu", como ficou conhecido o assassinato de Luiz Eduardo Gonçalves. O garoto tinha 10 anos em 22 de dezembro de 2007, quando sumiu do Jardim das Hortênsias, em Campo Grande, onde morava com a família. A delegada responsável pelo inquérito, Maria de Lourdes Canno, irá detalhar o caso às 9h30 de amanhã, na DGPC (Diretoria Geral da Polícia Civil).

Acusado de ser o mentor do crime, o ex-padrasto da criança, José Aparecido Bispo da Silva, o Cido, foi preso. Dois adolescentes e o jovem Holly Lee de Souza também foram detidos por envolvimento com a morte.

A Polícia começou a desvendar o mistério a partir da apreensão de um adolescente, que está em Unei (Unidade Educacional de Internação) da Capital por roubo. Foi o garoto que apontou o local onde o corpo de Dudu estava escondido, em um terreno na região da Avenida Guaicurus.

Ossos foram retirados do local e encaminhados ao IML (Instituto Médico Legal) para análise. Embora houvesse forte suspeita de que a ossada pertencesse ao garoto, nem os pais da criança tiveram acesso ao resultado do exame que poderá comprovar se eram ou não do menino. "Estamos esperando.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions