ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  26    CAMPO GRANDE 31º

Cidades

Polícia espera laudo da morte de mulher em Rio Brilhante

Por Redação | 27/08/2008 07:43

A Polícia Civil aguarda laudo necroscópico para apontar a causa da morte de Letícia Neves Oliveira, 22 anos, encontrada morta na manhã de domingo (24) no cemitério de Rio Brilhante, cidade que fica a 161 quilômetros de Campo Grande. O documento deve ficar pronto em 10 dias.

O corpo estava sobre um túmulo, de braços abertos e pernas juntas. No peito de Letícia estava tatuada uma cruz. Há suspeitas que ela possa ter morta durante ritual macabro.

De acordo com a polícia, Letícia era católica e ex-usuária de drogas. Não havia lesões aparentes no corpo, o que pode indicar que ela foi envenenada ou sufocada.

No dia 24 de julho, também em Rio Brilhante, Catalino Gardena, 30 anos, foi encontrado morto em um terreno baldio com uma facada no peito. Ele também estava na posição de crucificado e tinha no corpo a inscrição INRI (Jesus Nazareno, Reis dos Judeus) escrita à faca.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário