A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

07/03/2009 17:45

Polícia investiga morte de índio de 23 anos em aldeia

Redação

O índio da etnia kaiowá, Leojaniro Silva Pedro, de 23 anos, faleceu, neste sábado, de maneira misteriosa, na aldeia Panambi, em Douradina (200 km de Campo Grande). A família registrou um Boletim de Ocorrências na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Dourados.

Após receber o salário na manhã de hoje, Leoaniro saiu para beber pinga e chegou em casa embriagado, por volta das 10 horas.

A esposa dele, Adelina Verga Concianza, também de 23 anos, acredita que a pinga tenha provocado a morte do marido. Segundo declarou à polícia, é "uma pinga de má qualidade e sem validade". Ela afirma que o Leoniro comprou a bebida alcoólica do patrão, identificado como Elário.

Ao perceber que o esposo estava sem sinais vitais, Adelina procurou um agente de saúde, que entrou em contato com a Funasa (Fundação Nacional de Saúde). Mas a fundação não foi até o local porque a ambulância estaria quebrada.

A morte de Leojaniro evidencia uma situação triste de grande maior parte dos povos indígenas da região de Dourados, que vivem em condições de pobreza e entregues ao alcoolismo.

IFMS oferece 200 vagas para cursos técnicos e inscrições findam em janeiro
Interessados em realizar cursos técnicos podem participar de seleção no IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul). São oferecidas 200 vagas na m...
Aplicativo enviará à CGU denúncias de agressão e discriminação a pessoas LGBTI+
O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União recebe, a partir de hoje (18), denúncias feitas pelo aplicativo TODXS, relativas à discr...
TSE: regras eleitorais deixam dúvidas sobre fake news e autofinanciamento
O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou hoje (18), por unanimidade, as 10 resoluções que irão regular as eleições de 2018, mas ainda ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions