A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/11/2008 14:32

Polícia nega recusa para registrar boletim de ocorrência

Redação

O delegado titular do 2º DP (Distrito Policial) da Capital, Carlos Ortiz, negou que tenha ocorrido recusa para registrar boletim de ocorrência por discriminação contra a terena Joyner Santana Alcântara, 19 anos. Segundo o delegado, no dia em que a estudante procurou a unidade não sabia o nome dos autores e, por este motivo, disse que voltaria para apresentar à Polícia os nomes dos responsáveis pelo caso de discriminação.

De acordo com Ortiz, o agente que atendeu Joyner explicou que caso ela tivesse os nomes poderia fazer a representação contra os autores no momento do registro. Segundo o delegado, a estudante disse que voltaria à delegacia outro dia e não voltou a entrar em contato com a Polícia.

Ele assegura que nenhum policial caçoou da indígena e que está surpreso com o fato da estudante ter procurado a reportagem antes mesmo de voltar à delegacia.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions