A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

26/03/2010 15:58

Polícia trabalha com duas hipóteses para morte de vigia

Redação

A Polícia Civil investiga duas hipóteses para a morte do vigia noturno Pedro Eudes de Moura, de 61 anos. Além da possibilidade de o crime ter sido feito por vingança, uma segunda hipótese é de que o crime aconteceu por latrocínio (roubo seguido de morte).

Investigação da 2º Delegacia de Polícia de Campo Grande apontou que o assassinato pode ter acontecido com o objetivo de roubar o revólver calibre 38 do vigia noturno. A arma seria trocada por drogas.

Ontem foi detido um suspeito. Quatro tiveram prisão temporária decretada, três estão foragidos e um está na 2º Delegacia de Polícia, de Campo Grande. O rapaz detido negou participação no crime.

Todos são jovens, com 18 anos ou mais, estão associados ao tráfico de cocaína e moram ou no bairro Santa Luzia ou na Vila Dedé. Os nomes dele não foram divulgados, para não atrapalhar as investigações.

O rapaz detido nega participação no crime, mas a polícia acredita que está bem perto de solucionar o caso.

Pedro Eudes de Moura foi morto com 10 facadas, dois disparos e uma pancada na cabeça, na madrugada do dia 17 de março. Ele era conhecido como um senhor simpático com os moradores do bairro Santa Luzia, mas linha dura com os integrantes de gangues.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions