A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

12/03/2008 15:24

Polícia vai investigar agressão a bebê em Costa Rica

Redação

A Polícia Civil em Costa Rica, distante 330 quilômetros de Campo Grande, vai apurar as circunstâncias sobre a agressão a um bebê em uma creche municipal. A menina, de 8 meses, foi mordida por outro bebê e ficou com hematomas no corpo e, em especial, no rosto. Foram oito mordidas.

A mãe da criança agredida, Lílian dos Santos, procurou a delegacia da cidade e reclamou que a população a aborda reprovando o registro de boletim de ocorrência. Durante entrevista ao site a Hora da Notícia, o prefeito Waldeli dos Santos Rosa (PMDB) classificou o ocorrido como um acidente, mas admitiu falha dos profissionais que deveriam cuidar da criança.

Segundo o prefeito, na creche há uma criança que ele classificou como hiperativa, que tem por hábito morder os outros pequenos. A prefeitura não deve abrir um processo administrativo para apurar o caso porque a mãe da criança não registrou a queixa no município.

A Polícia Civil vai ouvir as pessoas responsáveis por cuidar das crianças. A prefeitura de Costa Rica foi procurada para falar sobre o assunto, mas a assessoria de imprensa não deu retorno.

ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions