A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

10/12/2008 08:37

Policiais federais e civis cruzam os braços contra PEC

Redação

Policiais federais e civis de todo o País estão com os braços cruzados nesta quarta-feira. A paralisação de 24 horas de policiais dos dois órgãos é em repúdio a PEC (Projeto de Emenda Constitucional) 4559 que transforma cargos de delegados em carreira jurídica. Além disso, cada categoria tem as suas próprias reivindicações.

Em Campo Grande, eles começaram o movimento na Superintendência da Polícia Federal. Depois, ficam reunidos na sede do Sinpol (Sindicato dos Policiais Civis), conforme explicou o presidente da instituição, Paulo Carvalho.

Segundo ele, se a PEC for aprovada, o delegado de polícia terá salário de promotor de Justiça.  Além de ser contra a PEC, os policiais civis têm uma série de reivindicações para o governo do Estado.

Entre elas, de acordo com Carvalho, estão questões relacionadas à promoção funcional, chefia e reajuste salarial. Ele não descarta a possibilidade de paralisação somente em Mato Grosso do Sul. Carvalho, que representa cerca de dois mil policiais, garante que 30% da classe está trabalhando.

Federal

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions