A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2019

05/06/2010 11:02

Policial da Denar diz que morte foi durante brincadeira

Redação

O investigador da Polícia Civil, Pedro Wlademir de Andrea, 40 anos, afirmou em entrevista ao Campo Grande News que o filho Guilherme de Andrea, de 22 anos, deve se apresentar na segunda-feira à Polícia. Guilherme está sendo indiciado por homicídio culposo, pela morte do jovem Ítalo Marcelo de Brito, de 27 anos, vítima de tiro disparado pela arma usada do policial, durante uma festa no Bairro Piratininga.

A arma estava com Guilheme. O policial disse estar sofrendo muito com o que aconteceu. "Foi um acidente, uma brincadeira entre os dois", afirmou por mais de uma vez. Ele disse que não foi ao velório de Ítalo por não ver condições para isso, mas afirmou ser bastante amigo de todos que estavam na festa em que o rapaz morreu.

Segundo o policial, o fato de estar armado é por motivos de segurança. Pedro Wlademir trabalha com a investigação de crimes de tráfico e aparece como testemunha de centenas de processo contra traficantes. Ele está na Polícia Civil há cinco anos e é lotado na Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico).

Um processo administrativo da Corporação vai investigar o fato, informou hoje a assessoria de imprensa da Polícia Civil.

PF pede 90 dias para fechar inquérito sobre atentado contra Bolsonaro
A Polícia Federal (PF) pediu hoje (16) à Justiça Federal em Minas Gerais mais 90 dias para encerrar o inquérito que apura quem são os responsáveis pe...
Com 3 sorteios na semana, Mega-Sena pode pagar até R$ 27 milhões, amanhã
A Mega-Sena pode pagar até R$ 27 milhões nesta quinta-feira (17) para quem acertar as seis dezenas do prêmio. Nesta semana, excepcionalmente, como pa...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions