A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

06/09/2010 17:57

Práticas de sustentabilidade são conferidas na Expo-MS

Redação

De hoje (6) até o próximo domingo (12), a ABPO (Associação Brasileira de Pecuária Orgânica) Pantanal Orgânico promove o Pavilhão MS Sustentável durante a 2ª ExpoMS, no Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande. O objetivo da proposta é divulgar a sociedade as boas práticas de sustentabilidade desenvolvidas na região no que diz respeito ao mercado da carne orgânica e ao agronegócio.

O diferencial deste ano é que o pavilhão vai tratar não só do potencial econômico e ambiental do Pantanal, mas de todo o estado de Mato Grosso do Sul, valorizando e difundindo os projetos de desenvolvimento e valorização de produtos e serviços sustentáveis, com responsabilidade socioambiental, respeito ao meio ambiente e viabilidade econômica.

Trata-se de um espaço de 350 metros quadrados aberto ao público, com uma decoração toda especial, onde ao longo dos sete dias de evento, haverá estandes de empresas e entidades parceiras do agronegócio, que apresentarão seus produtos e serviços, além do espaço de convivência, onde acontecerão apresentações musicais, culturais, palestras, oficinas, degustação de carne orgânica do Pantanal, entre outras atividades.

Para o presidente da ABPO Pantanal Orgânico, Leonardo Leite de Barros, a ideia é mostrar o processo de produção de carne bovina orgânica desenvolvido na região, além da música, da natureza, da culinária, e da integração do homem com a biodiversidade, de forma a divulgar e valorizar tais elementos.

A abertura do Pavilhão MS Sustentável ocorre daqui a pouco, às 20h. A associação realizará uma homenagem a duas personalidades que vêm prestando relevantes serviços ao agronegócio e ao desenvolvimento sustentável de Mato Grosso do Sul: Osmar Bastos e Marcelo Real.

Valorização do bioma - Desde a sua criação, em 2001, a ABPO vem atuando na busca de alternativas que valorizem o bioma Pantanal como um local de produção sustentável que merece atenção especial de políticas públicas e de investimentos de capital privado.

A partir de 2003, a organização não-governamental WWF-Brasil, através do Programa Pantanal para Sempre, apoia a produção orgânica certificada realizada pela ABPO, visando o crescimento e o desenvolvimento sustentável da região, como alternativa de produção e preservação do bioma, que é extremamente sensível.

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions