A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

20/02/2008 18:29

Prefeitura oferece implantação de chip em cães e gatos

Redação

O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) começou nesta semana a oferecer o serviço de implantação de chip para identificação de gatos e cães em Campo Grande, mas os donos dos animais vão ter de pagar R$ 15,00 pelo dispositivo. Segundo a prefeitura, a medida foi tomada para atender a lei que estabelece regras de posse responsável de cães e gatos em Mato Grosso do Sul.

Informações sobre os animais e os proprietários serão armazenadas em microchip subcutâneo, colocado no dorso do bicho. O sistema servirá para identificar os responsáveis por cães e gatos que estejam soltos nas ruas ou envolvidos em ataques. Também será uma segurança para a pessoa, caso precise comprovar a propriedade do bicho de estimação roubado ou desaparecido, argumenta a prefeitura.

Para o CCZ a maior vantagem é relativa a saúde pública, porque com o registro dos dados será possível ter  informações sobre vacinação, por exemplo. As denúncias feitas por moradores sobre permanência de raças agressivas nas ruas também serão mais fáceis de investigar, assim como a aplicação de punições, com multas que variam de R$ 100 a R$ 1 mil.

O Município comprou 35 mil chips a um custo médio de R$ 20 cada um, mas para incentivar a microchipagem cobra R$15 reais por animal. Mesmo assim, em uma breve consulta a donos de cães, principalmente na periferia da cidade, a disposição para pagar pelo chip não é das melhores.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions