A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

09/03/2009 08:12

Presa quadrilha que roubava veículos em Campo Grande

Redação

A PM (Polícia Militar) desmantelou, na noite desse domingo, uma quadrilha que roubava veículos em Campo Grande e vendia no Paraguai. Foram presas seis pessoas, apreendidas duas caminhonetes, uma motocicleta, um revólver e quatro celulares.

Policiais do 9º Batalhão chegaram até a quadrilha após denúncia anônima, de que uma caminhonete S-10 furtada estava escondida na região do Nova Lima, e que outra, de cor preta, era usada como suporte ao bando.

Com o apoio do Serviço de Inteligência da PM, os policiais localizaram a S-10 preta, de propriedade de Firmino Bento Pessoa, 57 anos. No veículo estava Firmino e Orides Garcez Rojas, 38 anos.

Na carroceria da caminhonete foi encontrado um galão com 30 litros de óleo diesel. Diante disso, Firmino e Orides confessaram que o combustível seria colocado em outra S-10 que havia sido furtada na tarde de sábado.

Eles então levaram os policiais até a "Chácara do Gaspar", no Jardim Anache, onde a S-10 prata estava escondida para ser abastecida e levada para o Paraguai.

Com a prisão deles, os policiais chegaram aos paraguaios Renato Villalta Espíndola, 27 anos, e Roni Arguello Gonçalves.

Ambos estavam em uma residência na Moreninha IV e junto com Orides, levariam a S-10 e ainda uma Honda Twister, roubada no fim de fevereiro, para o país vizinho.

A motocicleta estava na casa com os paraguaios e seria colocada na carroceria da caminhonete. De acordo com a PM, Roni disse que, no Paraguai, negociaria os veículos com um tio dele.

Um dos paraguaios contou aos policiais que cabia a Kleber Silvério de Souza, 32 anos, e a Leandro Chiapinoto de Souza, 19 anos, furtar e roubar os veículos.

Para furtar, eles utilizavam uma chave mixa e para roubar, um revólver calibre 357, que foi encontrado com Kleber no bairro Rita Vieira. Leandro foi preso no bairro Vilas Boas.

Nos celulares deles, que foram apreendidos, consta diversas ligações entre eles.

Firmino e Orides possuem diversos antecedentes criminais, entre eles, furto, receptação, homicídio e tráfico. Sendo que Orides é foragido, com mandado de prisão em aberto expedido pela comarca de Dourados.

Segundo a PM, há ainda um adolescente envolvido, que não foi localizado.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions