A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 14 de Agosto de 2018

09/12/2010 17:25

Fetems entra para reunião com André sem muita “esperança”

Aline Queiroz

Diretor acredita que índice não passe de 5%

Presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Jaime TeixeiraPresidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Jaime Teixeira

O presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Jaime Teixeira, entrou para a reunião com o governador, André Puccinelli (PMDB), sem muita esperança de atingir o reajuste pleiteado pela categoria.

Ele acredita que a negociação de hoje não passe dos 5%, que fica próximo da reposição da inflação para este ano.

Na terça-feira o resultado da reunião de hoje será apresentado à categoria, em assembleia às 14h30.

Os diretores da Federação precisam correr para que o projeto de reajuste vá para a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul antes do recesso parlamentar.

A data-base dos professores é janeiro e, por este motivo, existe a pressa em concluir as negociações.

A Fetems quer que seja estabelecida uma política salarial para três anos, 2011, 2012 e 2013, quando a entidade pretende que seja pago aos professores o valor nacional do piso da categoria para uma jornada de 20 horas.

Hoje, os professores recebem este valor, de R$ 1.187, para a jornada de 40 horas.

Outra reivindicação da Federação é a incorporação, em 2011, de 40% ao salários, referentes à regência de classe, valor que recebe o professor que está em sala de aula.

Também foram apresentados pedidos de reajuste para os servidores administrativos da educação, que trabalham 30 horas semanais. A Fetems representa 25 mil servidores da Educação.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions