A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

07/06/2013 19:25

Presidente da Funai pede exoneração; motivo seria tratamento de saúde

Nyelder Rodrigues

A presidente da Funai (Fundação Nacional do Índio), Marta Maria do Amaral Azevedo, pediu exoneração ao ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

Conforme nota emitida pela Funai, a decisão de Marta Maria foi tomada por causa de problemas de saúde, precisando passar por tratamento médico incompatível com a agenda de presidente do órgão.

O cargo será ocupado interinamente por Maria Augusta Assirati, diretora de Promoção ao Desenvolvimento Sustentável (DPDS), que ingressou na Funai a convite da presidente.

A saída de Maria Marta acontece cerca de um ano após substituir Márcio Meira. Ela cai em plena crise na entidade, responsável pelos estudos de demarcações de terras que motivaram as ocupações em fazendas de Sidrolândia, culminando em conflitos armados.

Durante os conflitos, índios ficaram feridos, sendo que Osiel Gabriel, de 35 anos, levou um tiro e morreu. O disparo teria sido feito pela polícia, durante a ação de reintegração de posse no dia 30 de maio.

Ruralistas acusaram a Funai de ser uma das incentivadoras de tais ocupações e resistência dos indígenas, e em resposta, o Governo Federal diminuiu os poderes da Funai na questão de demarcações, acrescentando aos trabalhos também a Embrapa.



A presidente da FUNAI nada fez, mesmo vendo os direitos dos indígenas de Buriti sendo violados não fosse o empenho pessoal de alguns poucos servidores do órgão local a revolta teria maiores consequências. Por outro lado dona Dilma a colocou na FUNAI por ser companheira e mulher, ficou bonito, mais uma mulher num alto cargo do governo, mas ela não aguentou a problemática e a pressão para que a FUNAI vire um nada, apenas um cabide de emprego. Mas o órgão ainda tem grandes indigenistas com formação no próprio órgão e por isso deve ser mantida e com mais independência.
 
samuel gomes TERENA-campo grande em 07/06/2013 22:08:09
Esta antropóloga nem devia ter presidido a FUNAI, é a mesma coisa que deixar os lobos cuidando das ovelhas, pode até não dar errado, mas 99,99% das vezes da problema, isto é coisa de gente incompetente, e neste meio politico está cheio de pessoas deste tipo.
 
sergio oliveira em 07/06/2013 20:56:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions