A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

18/06/2009 12:37

Preso grupo que caçava mineral em MS para mandar aos EUA

Redação

Agentes da PF (Polícia Federal) prenderam um grupo de pesquisadores, composto por brasileiros e americanos, que fazia pesquisa sem autorização no Pantanal sul-mato-grossense. Eles faziam coleta de sedimentos em busca de minerais para enviar aos EUA (Estados Unidos da América) quando foram flagrados pelos policiais.

Segundo a assessoria de imprensa da PF, foram presos os brasileiros Fabrício Aníbal Corradini e Aguinaldo Silva, e os norte-americanos Mark Andrew, Kelly Michael Went e Michael Mathew McGlue.

Um dos pesquisadores, Aguinaldo Silva, é pesquisador do Campus Pantanal, da Universidade Federal de MS (UFMS), que faz doutorado na Unesp (Universidade Estadual Paulista), onde também tem vínculo o outro brasileiro, Fabrício Aniubel Corradini. Os norte-americanos do Arizona são: Mark Andrew Tress, Kelly Michael Wendt e Michael Matthew McGlue.

Sem autorização dos órgãos governamentais do Brasil, o grupo realizava pesquisas no local conhecido como Baía Vermelha, que é uma área de preservação permamente.

Os equipamentos usados pelo grupo foram apreendidos e a embaixada americana em São Paulo foi comunicada acerca da prisão.

O caso configura crime contra o patrimônio público "na modalidade de usurpacão, produzir bens ou explorar matéria-prima pertencentes à União, sem autorização legal ou em desacordo com as obrigações impostas pelo título autorizativo", a lei 8176/91. A pena prevista varia de um a cinco anos de detenção e multa.

Segundo o site Capital do Pantanal, todos estão na delegacia da PF de Corumbá.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions