A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

03/09/2009 15:51

Preso por morte de jovem em show já tentou matar o tio

Redação

Mário Gabriel da Silva, 19 anos, está preso suspeito de matar Márcio Júnio de Souza Tomiati, 17 anos, crime ocorrido na noite de 25 de agosto, no show do cantor sertanejo Luan Santana, realizado no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande. O jovem já tentou matar o tio quando era menor de idade.

Policiais do Garras (Grupo Armado de Repressão e Resgate a Assaltos e Sequestros) capturaram Silva e um adolescente de 16 anos no Bairro Danúbio Azul, em Campo Grande, hoje pela manhã. A partir da prisão do jovem, os agentes conseguiram encontrar o canivete usado para matar Tomiati.

A arma estava na residência de Silva, localizada na Rua 3 de agosto, no Jardim Futurista. No local, os policiais também encontraram a roupa que o jovem usava no dia do show, uma calça jeans preta e uma camiseta verde.

As investigações continuam para tentar localizar os outros rapazes envolvidos na briga generalizada que resultou no assassinato de Tomiati. De acordo com boletim de ocorrência, ele estava próximo ao palco quando foi atingido por sete facadas.

Tomiati foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e morreu ao dar entrada na Santa Casa de Campo Grande. Ele já havia sido apreendido em outubro de 2007, por porte ilegal de arma de fogo. Com Tomiati foi encontrado o revólver de onde saíram os tiros que mataram, por engano, Vanessa Leite Arqueley, atingida por uma bala perdida no mesmo dia.

Antecedente - Segundo a Polícia, Mário Gabriel da Silva, 19 anos, tentou matar a tiro um tio de 27 anos. A tentativa de homicídio ocorreu dia 30 de dezembro de 2006, quando ele era menor de idade.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions