A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

05/05/2008 06:59

Presos usaram 3 terezas para pular a muralha da Máxima

Redação

Os cinco presos que fugiram às 3h40 desta segunda-feira do Estabelecimento Penal de Segurança Máxima de Campo Grande usaram três terezas (cordas artesanais feitas com lençóis) para pular a muralha da frente do presídio.

São eles: André Luiz Coelho de Campos, Criso Maldonado de Freitas, Manoel Alves Vieira Filho, Eder Franco Mussini e Daniel Pedro da Silva.

Eles fugiram da cela 131 do pavilhão 1 e teriam se aproveitado da neblina para escapar. Apenas dois presos permaneceram na cela.

Quando os presos pularam o muro o alarme da cerca soou e então foi feita uma varredura e encontradas as terezas. A polícia faz diligências nas imediações do presídio para procurar os foragidos.

Um dos presos foi recentemente transferido do Centro de Triagem e seria um dos envolvidos na rebelião ocorrida dia 20 na unidade. O estabelecimento está superlotado. Há cerca de 1,3 mil presos em uma estrutura projetada para até 500.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions