ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUARTA  30    CAMPO GRANDE 39º

Cidades

Primeiro dia de outono tem alerta de tempestade em 45 cidades de MS

Chuva pode atingir 50 milímetros, ventos chegam a 60 quilômetros por hora e há risco de queda de granizo

Por Guilherme Henri | 20/03/2018 13:27
"Nuvens carregadas" começam a aparecer na tarde desta terça-feira (Foto: Anahi Zurutuza)
"Nuvens carregadas" começam a aparecer na tarde desta terça-feira (Foto: Anahi Zurutuza)

Outono começou com alerta de tempestade em Campo Grande e outros 44 municípios de Mato Grosso do Sul. O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) prevê que entre hoje e quarta-feira (21) a chuva pode atingir 50 milímetros e os ventos chegam a 60 quilômetros por hora. Além disso, há risco de queda de granizo.

Mesmo com o alerta, é baixo o risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de galhos de árvores e de alagamentos. O aviso começou às 12h e segue até às 2h de amanhã (21).

Além de Campo Grande, estão em aviso Amambai, Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Aral Moreira, Bataguassu, Batayporã, Bela Vista, Brasilândia, Caarapó, Coronel Sapucaia, Deodápolis, Douradina, Dourados, Eldorado, Fátima Do Sul, Glória De Dourados, Guia Lopes Da Laguna e Iguatemi.

Outono começou florido em Campo Grande (Foto: Roberto Higa)
Outono começou florido em Campo Grande (Foto: Roberto Higa)

Também estão em alerta Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jardim, Jateí, Juti, Laguna Carapã, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí e Nova Alvorada Do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte Do Sul, Paranhos, Ponta Porã, Ribas Do Rio Pardo, Rio Brilhante, Santa Rita Do Pardo, Sete Quedas, Sidrolândia, Tacuru, Taquarussu, Três Lagoas e Vicentina.

Estação - A estação das folhas secas começou às 12h15 e as flores ainda dão cor as ruas e avenidas em Campo Grande. O cenário pode ser contemplado na avenida Ricardo Brandão onde as paineiras colorem de rosa o trecho próximo da Uniderp. 

Previsão – A previsão do instituto é que na quarta-feira (21), pode haver fortes chuvas. Quinta e sexta-feira as instabilidades diminuem significativamente no Estado. As chuvas tornam-se mais isoladas e os períodos de sol mais prolongados. As instabilidades são mais prováveis no norte e menos no sudoeste.

No sábado, uma frente fria no Paraguai já pode promover chuvas fortes e generalizadas, especialmente à noite nas áreas de divisa com o país.

Regras de comentário