A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

06/07/2010 15:49

Procon faz audiência com 58 ex-alunos da Paulistec

Redação

O Procon realiza no próximo sábado a segunda rodada de audiências de alunos lesados pela empresa Paulistec.

Serão ouvidas 58 pessoas que apresentaram denúncia contra a escola, fechada no final de maio por vender diplomas falsos de conclusão do ensino médio.

No total, o Procon recebeu 286 alunos que se apresentaram como clientes da Paulistec. Deste número, 234 protocolaram pedido de ressarcimento. "Muitos se sentem envergonhados ou temem perder emprego, vaga na universidade ou em concursos públicos em que tenham apresentado o certificado falso. Mas as autoridades estão cientes e atuando para ajudá-los", tranqüiliza Lamartine.

No esquema da escola Paulistec, o aluno chegava a pagar entre R$ 450 a R$ 800 pelo diploma de conclusão do ensino médio em até 60 dias. As funcionárias da empresa recebiam R$ 25 por aluno matriculado, mais um bônus de R$ 1.000,00 a cada 40 matrículas formalizadas. Quem chefiava o setor financeiro da Paulistec era a esposa de Mauro de Napoli, proprietário da empresa.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions