A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

11/12/2008 15:06

Produtores cobram desocupação de área em Rio Brilhante

Redação

O diretor-secretário da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul), Dácio Queiroz, entregou hoje a secretária de Produção e Turismo do Estado, Tereza Cristina, uma cópia de mandado de reintegração de posse expedido para a retirada de índios de área em Rio Brilhante.

Desde o dia 20 de fevereiro famílias guarani-kaiová estão acampadas na fazenda Santo Antônio de Nova Esperança,a ordem para que os índios deixem a propriedade já foi expedida, mas até o momento não foi cumprida pela Polícia, reclama o sindicato dos Produtores Rurais de Rio Brilhante.

Para pedir apoio ao governo, na tentativa de desocupar a área, a entidade recorreu à Famasul que então buscou a colaboração da Seprotur. O pedido é para solução do problema ainda neste ano.

Há 10 meses, um grupo de 128 índios da aldeia Panambi, de Douradina, está na fazenda. Eles alegam que área faz parte de um território tradicional indígena e reivindicam a posse.

A comunidade reivindica estudos antropológicos imediatamente. A área é uma das relacionadas em portarias da Funai, publicadas este ano, que criou grupos para os estudos em 26 municípios da região sul.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions