A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

12/11/2013 09:50

Produtores impedem invasão a tiros e trator é queimado na porta de fazenda

Graziela Rezende

Cerca de 20 índios da etnia Terena tentaram ocupar uma propriedade rural em Miranda, a 201 quilômetros da Capital, na madrugada desta terça-feira (12). Segunda um líder indígena, Teófilo Rodrigues, 58 anos, houve retaliação por parte dos fazendeiros e o grupo se dispersou após um tiro disparado próximo ao pé de um índio. Os produtores rurais garantem que os indígenas estavam munidos de espingardas, arco e flecha e que eles seriam os responsáveis por atear fogo em um trator estacionado na entrada da fazenda.

“Nós chegamos por volta das 5h30 e chamamos pelo dono da Fazenda Garrote. Ele nos recebeu alvejando o pé de um dos nossos índios, porém o tiro não acertou e nos dispersamos. Mesmo assim, deixamos um trator na entrada da fazenda, sendo que uma hora depois outros fazendeiros se juntaram e incendiaram totalmente o veículo”, acusa o líder.

Já o produtor rural Assunção Júnior, 45, que é vizinho de uma área invadida, ressalta que ação criminosa ocorreu por parte dos indígenas. "Eles já chegaram tentando intimidar a família, falando que ali ocorreria uma manifestação e que eles iriam tomar a terra do chacareiro. É um local de 55 hectares, onde reside uma família, inclusive com duas adolescentes de 12 e 14 anos. Enquanto o dono conversava com os índios, a esposa dele ligava para amigos e vários fazendeiros foram chegando, o que assustou os indígenas", comenta o produtor.

Neste momento, revoltados com a impossibilidade de ocupar o local, os indígenas conseguiram fechar a entrada da fazenda e colocaram o trator, conforme o produtor rural. "Eles colocaram fogo e inverteram a história, falando que é culpa do chacareiro. Vivemos aqui com medo dessa ameaças e muitos sabem que eles não falam a verdade", lamenta o produtor.

Neste momento, os indígenas estão na Aldeia Passarinho e aguardam a chegada da Polícia Federal para a realização da perícia. “Já foi feita uma ocupação nesta mesma sede no ano de 2007 e 2008. Sabemos de um estudo antropológico e queremos uma solução por parte do Governo Federal”, explica a liderança.

A assessoria de imprensa da Polícia Federal informou que uma equipe está se deslocando para o local.

Juiz se declara impedido e adia decisão sobre reintegração de posse em Miranda
Tramitando desde terça-feira na Justiça Federal de Campo Grande, o pedido de reintegração de posse da chácara Nova Esperança, em Miranda, segue sem d...
Após suposto conflito, PF reforça segurança em fazenda invadida em Miranda
Homens da Polícia Federal reforçaram a segurança da chácara Boa Esperança, em Miranda, a 201 quilômetros de Campo Grande, invadida desde a última qua...
Índios terena denunciam preconceito sofrido em restaurante de Miranda
Um grupo de cinco índios terena da mesma família denuncia um episódio de preconceito ocorrido no fim da tarde de ontem (14), no restaurante Zero Hora...
Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...


A violência se combate com violência. Parabéns aos produtores rurais por defenderem os seus direitos, vocês produzem alimentos para sustentar o povo brasileiro e ainda exportam.
 
Jose Severo em 13/11/2013 21:33:06
Pelo meu estudo antropológico, os índios são donos da América inteira...devemos entregar todo o continente e voltar para a Europa.
 
André Fonseca em 12/11/2013 19:59:40
o PT quer desestabilizar o pais , para formar uma guerra civil no nosso pais a intenção é essa ..
 
marcelo losekann em 12/11/2013 18:39:36
Como é que os índios TERENAS tem direito a terras com estudos de antropólogos e tudo se eles estão no BRASIL a partir de 1860. Vieram corridos do Peru com o rabo no meio das pernas com medo de lutar pelas suas terras que de fato tinham direito, mas la no Peru e não aqui no Brasil. Viéram corridos pelo região dos thaco e se estalaram roubando as terras na região de Miranda e depois o governo deu as terras.Sendo assim eles não tem direito nenhum por terra alguma; Tem até decisão no STJ falando a respeito.
 
Daison saldanha em 12/11/2013 16:31:13
Eu acho que se os índios tem direitos devem ser cobrados também os seus deveres... Quem falou pra eles que eles tem direito de sair invadindo a fazenda que lhes agrada? A simples existência de um estudo antropológico já dá o direito deles invadirem? Certo estão os fazendeiros que além de serem roubados pelo governo e manterem esse país inútil em pé, tem que ficar aguentando desaforo de nego que se diz índio. Devemos lembrar que a maioria dessa cambada de sem vergonha nem do Brasil é... tudo boliviano e paraguaio... e alguns nem indígenas são. Já que o Governo virou as costas pra todo mundo, cada um deve se proteger da forma que julgar correta... nem que isso se transforme num mar de sangue... Quem sabe assim esses vagabundos param de encher o saco de quem sustenta o pais...
 
rodrigo giraldelli em 12/11/2013 15:46:31
Senhores Produtores de riquezas deste Estado (produtores rurais)
Armai-vos em defesa do vosso patrimônio.
A constituição Federal garante o direito a propriedade, bem como a defesa dele (do patrimonio).
Nao sou ruralista, mas apoio todo ato de repulsa a qualquer tipo de bandido (seja ele índio ou "sem terra")
P.S. Se precisarem de reforço, eis-me aqui.
Enoque Salcedo _ anti invasionistas.
 
Enoque Salcedo em 12/11/2013 15:02:12
É uma questão de bom censo, não sei pra que os indígenas querem mais terras???
é só entrar nas aldeias e chegar a conclusão de que os mesmos não dão conta de manterem nem a pequena terra que tem. É falta do que fazer e um meio de se aparecer!!!!
Apoio os fazendeiros a defenderem o que é seu!!!!
Por que o índios podem chegar acabando com tudo antes de uma decisão judicial e não da nada pra eles???? se acham superiores ao demais brasileiros???
Violência gera violência!!!! toda ação tem uma reação!!!!
 
Cleber de Moraes em 12/11/2013 14:14:34
A propriedade que foi palco deste novo episódio tem 50 ha, pertence a Deusmar que adquiriu o lote com seu trabalho. Os indígenas consideram que seus direitos são mais valiosos que os direitos dos outros brasileiros. Se consideram acima do bem e do mal, inalcançáveis pelas leis brasileiras. Com este passaporte moral estão promovendo um caos jamais visto no estado. Aterrorizam produtores, expulsam pessoas de suas casas, abatem animais da propriedade, saqueiam suas despensas e o que não carregam, eles estragam e destroem. A que serve tanta irracionalidade?
 
Mônica Corrêa em 12/11/2013 14:09:14
emquato nao morer gente dos dois lados deramar sangue nao tera fim mais muito facil resolver so corer com as onges que usam os indios ;i
aqui so tem indio urbano que gosta cachaca.celular moto.quem vai produzir alimento sao os indio ou os braco se depeder deles vamos morer de fome;0u vamos fazer os politicos produzir pensse nisso;


 
evaldo pavao em 12/11/2013 13:42:05
primeiro de tudo:
qual o brasileiro hj é 100% branco??
Chega desse paternalismo, a gente já sabe o que vira essa situação toda, em alguns meses esses mesmo indios não vão ter estrutura para plantar o básico...

 
Caio Prado em 12/11/2013 13:18:06
Olha só sei q eles querem terras e etc... mas deveres q é bom nada... pq os índios não vive como índio... eles querem terras e mais terras pra q?? c na verdade eles vivem como os brancos... Eles tem celular tv internet carro trator come sacolão do governo querem luz água encanada etc.... Quer ter as coisas vai trabalhar vai pagar impostos como o branco.... eu pago impostos recolho inss é sou tratado igual um qualquer agora os indios tadinho deles eles pode tudo.... Vão trabalhar
 
rodrigo dalarmi em 12/11/2013 12:33:07
O Alex falou tudo, vai acabar virando tragédia e das grandes, o governo fica achando que é brincadeira o que está acontecendo, a presidente quer deixar a situação ficar insustentável a ponto de sair na imprensa internacional para daí ela tomar alguma atitude que lhe valha o titulo de heroina ao resolver a crise e se consagrar para as próximas eleições, mas o povo está assistindo o descaso com a situação e quando começar o derramamento de sangue as mãos da presidente vão estar sujas, pois a culpa será 100 % do governo, os fazendeiros, assim como os indios estão pedindo uma solução já faz tempo, ninguem faz nada.
 
maximiliano nahas em 12/11/2013 12:22:13
Douglas Ruiz e o que será feito com os milhões de brancos do Brasil, serão expulsos? E os negros, deportados para os países africanos? temos é que entender que houve um processo histórico onde brancos migraram para outras terras e pronto, aceitar o inevitável e conviver com esta situação.
 
João Dias em 12/11/2013 12:20:33
índios????? MASSA DE MANOBRA PETISTA, COVARDE, TERRORISTA E GUERRILHEIRA....
 
André Luiz von Tein em 12/11/2013 11:59:22
Para os antropólogos de plantão, vamos deixar o endereço de suas residências, e de seus familiares, e vamos passar aos Índios ocuparem.

Primeiro vão embora do Brasil antropólogos, pois aqui não é seu lugar, e você não tem direito a terra nenhuma, pois são dos Indios, não peguem mais a Aguas Guarirobas, pois a água também é dos índios, não gastem mais papel, nem no banheiro, pois são feitos com as arvores do Indios.

Adoro esses discursos hipócritas.


 
Leonardo de Carvalho. em 12/11/2013 11:58:56
A fragilidade do governo é estonteante. A persistir esse estado de inércia do governo, que reluta em não indenizar o branco pelas terras que ocupa, as coisas podem descambar para o que ocorreu nos EUA no tempo das diligências. Será que teremos de novo ver esses episódios. A violência dos centros urbanos está sendo praticada no campo. Acorda Brasil l!!!!!!!!!
 
ademir gomes em 12/11/2013 11:07:43
Os índios podem ser mais antigos aqui, mas sou brasileiro também ... tenho os meus direitos e deveres ... não irei embora para lugar algum ... e não fico roubando ninguém. Acho que os índios devem ser respeitados, mas só vejo cobrança pelos direitos deles, mas os deveres??? Eles tem direitos e deveres, assim com eu também tenho!!!
 
Marcos César em 12/11/2013 11:03:47
Na verdade se for fazer estudo "antropológico", nós brancos teremos que pegar o nosso banquinho e sair de mansinho e voltar para PORTUGAL, ESPANHA, FRANÇA pois essa terra quando foi descoberta só tinha índio e aí o que acontece, foram encurralando os indígenas em um pequeno espaço de terra, os grandes latifundiários foram tomando as terras na mão grande e posteriormente loteando e vendendo e agora deu no que deu pois existem vários índios estudando e se formando e com isso vem o entendimento que realmente as terras são deles e os verdadeiros invasores somos nós OS BRANCOS.
 
Douglas Ruiz em 12/11/2013 10:54:22
Esse conflito é a famosa "tragédia anunciada". Todo mundo sabe no que vai dar, mas ninguém faz nada para evitar. Agora que os fazendeiros resolveram se unir e resolver o problema na bala, vai aparecer um monte de gente dizendo que isso é errado, que os índios tem direitos, que o governo vai idenizar os fazendeiros etc
 
Alex andré de souza em 12/11/2013 10:14:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions