ACOMPANHE-NOS    
MAIO, QUINTA  19    CAMPO GRANDE 

Cidades

Proibição causa liquidação "forçada" em Porto Quijarro

Por Redação | 18/06/2010 16:48

O decreto do presidente da Bolívia, Evo Moralez, que proíbe a venda de vários produtos nas Zonas Francas, forçou os comerciantes da Zona Franca Puerto Aguirre, em Porto Quijarro, cidade fronteiriça próximo a Corumbá, a realizarem liquidação para acabar com os estoques.

O Decreto Supremo 470, em vigor desde 8 de abril, proíbe a venda de produtos alimentícios, bebidas alcoólicas, perfumes e cosméticos. Estes são os principais produtos das lojas da região e os mais lucrativos.

Em reportagem do jornal O Diário Corumbaense, o paraguaio Ramón Eduardo, gerente de uma loja de bebidas disse que a medida fará muita gente perder o emprego e não tem certeza de o que vai acontecer com o comércio na região.

"

Nos siga no Google Notícias