A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

02/01/2010 07:17

Quadrilha forjou caminhão de Sedex para traficar drogas

Redação

O caminhão, com inscrições Correio/Sedex, flagrado ontem com quase uma tonelada de maconha, não pertence à empresa. Segundo a PRE (Polícia Rodoviária Estadual), o chassi do caminhão pertencia a outro caminhão Mercedes Benz, emplacado no Rio de Janeiro. Ao ser abordado, o veículo estava com placas do Paraná.

Também foi constatado que o veículo foi pintado de amarelo, assim como a logomarca da empresa. No compartimento de cargas, onde estava a droga, havia lacres dos Correios, mas não foi informada a procedência do material.

O veículo com droga foi interceptado na MS-276, na base de Amandina, distrito de Ivinhema. A polícia parou o caminhão para fiscalização e constatou que a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) de Luiz Fernando de Queiroz Carvalho, de 53 anos, estava vencida a mais de um mês. Durante vistoria no compartimento de cargas do veículo, foram rompidos os lacres com o logotipo dos Correios e encontrados dentro do baú diversos sacos de cor branca.

Todos os sacos estavam carregados com a droga, distribuída em 801 tabletes cobertos por uma fita adesiva. Além da maconha também eram traficados 5 quilos e 800 gramas de haxixe, separados em sete tabletes.

Luiz Fernando disse aos policiais que trabalha numa empresa agregada aos Correios, localizada em Guarulhos. Quando pegou o caminhão, ele relatou que estava em Dourados e que levaria o veículo até a cidade de Tatuí (SP), deixando a carga que, segundo ele, era de cartas, no depósito da agência dos Correios da cidade.

O condutor também declarou era guiado por "batedores", que estavam em um Fiat Pálio. Ainda em contato com a polícia, o celular de Luiz Fernando tocou. Autorizado a atender o celular, os ocupantes do Pálio pediram para que o motorista os encontrasse em um posto de combustíveis em Nova Andradina.

Uma equipe da PRE se deslocou até o posto e constatou a existência no local de um Pálio (placas AMO-8514, de Curitiba). Foram presos o condutor J.A.S., Edson da Silva Raimundo e Magno do Espírito Santo e Silva.

A placa do carro era de um veículo motociclo, da cidade de Nova Cantú (PR).

Durante vistoria aos pertences de Luiz Fernando, a polícia também localizou três notas falsas de R$ 50.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions