A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 10 de Dezembro de 2019

31/10/2018 08:18

Quadrilha que importava cocaína da Bolívia em aviões é alvo de operação

Mandados de prisão e buscas e apreensões são cumpridos nos estados de MT, MS, GO, PR e SP

Viviane Oliveira
Um dos carregamento de droga apreendido durante investigação da PF (Foto: divulgação)Um dos carregamento de droga apreendido durante investigação da PF (Foto: divulgação)

A Operação Carcará, deflagrada nesta quarta-feira (31) pela PF (Polícia Federal), mira uma quadrilha que importava cocaína pura da Bolívia e levava em aeronaves para a cidade de Colniza, no Mato Grosso. De lá, a droga era distribuída para outros Estados. 

No total, policiais cumprem 29 mandados de prisão e buscas e apreensões no Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Paraná e São Paulo. As ordens foram expedidas pela 5ª Vara da Justiça Federal de Mato Grosso. No Estado, foi cumprido mandado de prisão em Corumbá, município que faz divisa com a Bolívia. 

A sede da organização criminosa fica em Mato Grosso e em São Paulo. Do município de Colniza, o material seguia para São Paulo em caminhões com fundos falsos, geralmente localizados nos tanques de combustíveis. O nome da operação faz referência à ave Carcará que mesmo voando acompanha atentamente os fatos que ocorrem na terra.

As investigações apontam que o grupo utilizava rastreadores via satélite para monitorar os caminhões carregados com drogas. Segundo PF, um dos alvos, que já está preso por homicídio, tinha aeronave e carteira de piloto para voar.

No decorrer da operação, a PF apreendeu mais de meia tonelada de drogas. Todos os bens (móveis, veículos e aeronaves) da organização estão sendo apreendidos e foram sequestrados por ordem judicial.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions