A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

17/05/2012 15:49

Quase 1/3 dos casos de dengue em Mato Grosso do Sul são do tipo 4

Fabiano Arruda
Dados, que fazem parte de pesquisa do Ministério da Saúde, também mostram que houve queda de 23% no número de casos em Mato Grosso do Sul. (Foto: Arquivo)Dados, que fazem parte de pesquisa do Ministério da Saúde, também mostram que houve queda de 23% no número de casos em Mato Grosso do Sul. (Foto: Arquivo)

Os casos de dengue tipo quatro representam 27,8% das confirmações da doença registradas no primeiro quadrimestre deste ano em comparação ao mesmo período do ano passado, aponta pesquisa do Ministério da Saúde divulgada nesta quinta-feira.

O quadro de isolamento viral do levantamento, de contabiliza 366 casos do Estado enviados neste ano, 79 foram positivos, o que representa 21%.

Dentro deste número, a maior incidência é do tipo 2 com 40,5% dos casos, enquanto a do tipo 1 representa 31,6% do total, sendo que a tipo 3 não foi constatada entre as amostras.

Especialistas não consideram o vírus tipo 4 mais agressivo que os outros. A diferença está na imunidade. Como o vírus ainda não circulou pelo Estado, a população não tem resistência para a doença. Quanto aos sintomas, o tipo 4 não é mais agressivo do que os já existentes.

Além disto, quem já foi contaminado com a dengue tipo 1, por exemplo, não pode “pegar” a mesma novamente, no entanto, ainda pode ser contaminada com os outros três existentes.

Queda - No geral, os casos de dengue registrados no primeiro quadrimestre atingiram 4.579 em Mato Grosso do Sul, redução de 23% se comparado ao mesmo período do ano passado, quando foram 6.020.

Já o número de casos graves de dengue em MS caiu 81% nos quatro primeiros meses de 2012, em comparação com o mesmo período do ano passado, segundo informações do Ministério.

Foram registrados até o momento, 19 casos contra 102, em 2011. Entre janeiro e abril de 2011, foram registrados dois óbitos. Em 2012, no mesmo período, ocorreu uma morte por dengue no Estado, aponta o levantamento.

Além de MS, na região Centro Oeste, Goiás (49%) e Distrito Federal (54%) também apresentaram reduções.

Apenas Mato Grosso seguiu o processo inverso. Eram 3.538 nos quatro primeiros meses de 2011 contra 13.802 neste ano.

Nacional - Em todo País o número de casos graves de dengue caiu 87%, segundo a pesquisa do Ministério. Eram 8.630 confirmações no primeiro quadrimestre do ano passado contra 1.083 neste ano.

Entre os estados que concentram mais casos notificados estão, na ordem, Rio de Janeiro, Bahia e Pernambuco.

De acordo com o estudo, o número de mortes provocadas pela doença também caiu durante o mesmo período, passando de 374 em 2011 para 74 em 2012; redução de 80%.

O Ministério da Saúde atribui à queda dos números contra a doença a fatores como o repasse de R$ 92,8 milhões para qualificação das atividades de prevenção e controle da doença, repasse de insumos (inseticidas e larvicidas), medicamentos e kits de diagnóstico aos estados; monitoramento da situação epidemiológica pelas redes sociais, bem como a realização de reuniões com gestores municipais das cinco regiões do País.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions