ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, TERÇA  15    CAMPO GRANDE 16º

Cidades

MS registra em Campo Grande os primeiros casos de dengue tipo 4

Por Aline dos Santos | 09/03/2012 08:12

Registro foi em dois bairros de Campo Grande

Secretaria alerta que ações contra a dengue dependem de colaboração da população. (Foto: Adriano Hany/Arquivo)
Secretaria alerta que ações contra a dengue dependem de colaboração da população. (Foto: Adriano Hany/Arquivo)

A SES (Secretaria Estadual de Saúde) confirmou os primeiros casos de dengue tipo 4 em Mato Grosso do Sul. Os dois casos foram registrados em Campo Grande: um no bairro Parati e o outro na Vila Eliane.

Conforme a secretaria, os dois pacientes não apresentaram quadro clínico grave. Eles receberam atendimento nas unidades de saúde, não sendo necessária a internação, e já estão em casa.

Como medida de prevenção, a SES e a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) deslocaram viaturas e equipamentos adicionais para expandir o isolamento da fêmea do mosquito nas duas regiões em que foram detectados os casos.

De acordo com o secretário adjunto de estado de Saúde, Eugênio Martins de Barros, as medidas de prevenção à dengue no Estado foram montadas desde outubro do ano passado, baseada na possível chegada do tipo 4. Porém, ele ressalta que as ações dependem da colaboração da população.

“A Secretaria de Saúde se antecipou desde outubro do ano passado nas ações para combater o mosquito da dengue, baseado no alto quadro de detecção da dengue tipo 4 em outros estados, como Rio de Janeiro, Mato Grosso, Goiás e Pará. Era uma questão de tempo”, afirma Barros.

A dengue tipo 4 não é uma forma mais agressiva do que os vírus do sorotipo 1, 2 ou 3, apresentando os mesmos sintomas. O agravante é o fato de ser um novo sorotipo, ainda não constatado no País, o que aumenta a possibilidade de ocorrência de uma epidemia.

A Sesau investiga se a morte do jovem Elder Chaparo foi provocada por algum tipo de dengue. Morador em Porto Murtinho, ele morreu em 28 de fevereiro em Campo Grande. Também é investigado se a causa do óbito foi a gripe A, causada pelo vírus H1N1.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário