A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

19/11/2011 12:59

Queremos dividir os royalties e não os bandidos do RJ, critica Azambuja

Marta Ferreira
O deputado federal Reinaldo Azambuja critica decisão rápida de transferir nem para Campo Grande. (Foto: Divulgação)O deputado federal Reinaldo Azambuja critica decisão rápida de transferir nem para Campo Grande. (Foto: Divulgação)

“Enquanto para dividir os royalties são feitas inúmeras discussões, para exportar seus bandidos o Estado do Rio de Janeiro só precisou de um pedido para a Justiça Federal que, prontamente atendeu”. Com essa frase, o deputado federal Reinaldo Azambuja, líder do PSDB na Câmara Federal criticou a vinda para Campo Grande de quatro homens apontados como integrantes do comando do tráfico de drogas na favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, decididamente, segundo ele, rapidamente, enquanto a questão dos royalties está indefinida .

Nos próximos dias a Câmara analisa projeto de lei do Senado, que propõe a redistribuição dos royalties, atualmente divididos apenas entre os estados produtores. O pagamento dos royalties é uma espécie de compensação financeira pela exploração do petróleo, por possíveis danos ambientais, por exemplo. A proposta, que tramita em regime de prioridade, será analisada por uma comissão especial, que ainda precisa ser constituída para depois ser votada pelo Plenário da Câmara.

“Enquanto para dividir os royalties são feitas inúmeras discussões, para exportar seus bandidos o Estado do Rio de Janeiro só precisou de um pedido para a Justiça Federal que, prontamente atendeu”, comentou Reinaldo Azambuja

“A população de Mato Grosso do Sul não foi consultada se era a favor ou contra a construção do presídio, tampouco se aceita que sejam exportados para cá os piores bandidos do País”. Indignou-se o parlamentar que promete discutir essa questão com seus colegas da bancada do Estado nos próximos dias.

O traficante Fernandinho Beira-Mar também já cumpriu pena no Presídio Federal de Campo Grande. Ele ficou três anos no local e foi transferido no dia 18 de dezembro de 2010 para a penitenciária federal de Catanduvas, no Paraná. Além dele, já estiveram em Campo Grande, bandidos que encabeçaram a Rebelião de Bangu I, integrantes do PCC, traficantes invasores do morro do Macaco e policiais acusados de participar de grupos de extermínio, lembra o deputado.

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...


Como diz o Ditado: ¨Não adianta chorar pelo leite derramado¨ ou seja, se não quizessem bandidos de alta periculosidade aqui em Campo Grande, então Senhor Deputado porque na epoa que começaram a construir o presidio vocês não embargarm a construção? Porém agora que foi feito temos que conviver com essa realidade e não será o ultimo a vir portanto paciência, não esperem por Ladrões de galinha.
 
Luiz Antonio Garcês do Nascimento em 21/11/2011 01:15:32
O povo do rio de Janeiro esta pagando o preço de ter tido um governante falecido, quando em sua gestão proibio a policia de subir os morros e deixando as comunidades das favelas a merce da sorte, só para não ver sua querida filha viciada e traficante frequentadora das bocas nas manchete de jornais.
é só começar endurecer as penas. o sr. pode começar encabeçar isso deputado,atualizando as leis.
 
joao simoes em 20/11/2011 10:32:16
O Rio é o maior exportador de Bandidos de Alta Periculosidade do Brasil, porque não se constrói uma Penitenciária Federal no Estado, talvez numa daquelas Ilhas longe do Litoral, dificultando o acesso ? e nos deixando em Paz ?
 
Cristiano Rittis em 20/11/2011 09:53:02
Em conseqüência da política aplicada aqui ficamos a ver navios em todos os quesitos, daí virá recurso que com certeza serão mal aplicados e desviados para os nossos governantes.
 
paulo honorato em 20/11/2011 04:30:15
Tenho de discordar de você pois assim como ninguém vem ajudar quando ocorre um vazamento de petroléo na baía de Guanabara ou nas praias cariocas provenientes de empresas nacionais ou internacionais porque então vão querer dividir as riquezas de seu estado, não dividem os lucros com cana em MS ou com a pecuária. Na realidade o MS tem potencial para ser um estado como GO/MG mas em conseqüência da
 
paulo honorato em 20/11/2011 04:28:33
olá,
deputado reinaldo azambuja, cuida de nós,para isso votamos em vcs, a nossa cidade já foi boa para viver, tranquila, vcs devem devolver isso a populçao.(cada um que fique com seu bandido).olhem por nós o comentário do marcos é a verdade.
 
Zilda mendonça em 20/11/2011 01:42:34
Parabéns deputado....Esses bandidos não pertence ao nosso Estado. O Governador do Rio Sérgio Cabral que fique com seus bandidos. Recurso para nosso estado temos que brigar para trazer enquanto que bandidos eles nos mandam de Graça....Deputados Federais e Senadores do MS dê um basta nisso ou imponha regras. Esses bandidos são do Rio então que o Rio de Janeiro fique com eles.
 
silvia helena em 20/11/2011 01:05:00
Até concordo com o Deputado, mas quanto a questão dos chefes do tráfico virem para cá não está de todo errado não! Afinal, nós também temos culpa desse tráfico já que não conseguimos impedir que a droga entre pelo nosso estado e chegue até o Rio. Ou estou errada?
 
Patrícia Miranda em 19/11/2011 11:34:13
Concordo inteiramente com o deputado, pois ficam reivindivcando que o petróleo e os royalties são deles, e querem mesmo é dividir com o resto do país os seus bandidos.
 
katia mara em 19/11/2011 11:27:26
Sr. Deputado foi construido em nossa cidade um presidio federal de alta qualidade, então não pode esse presidio ficar vazio a espera de mocinhas. Ora, concordo plenamente coma a vinda desses bandidos/traficantes para esse presidio, o que demonstra que nossa capital sul matogrossense está preparada para dar segurança ao povo brasileiro, ou se assim não for, então para que serve esse presidio?
 
Aorimar Oliveira da Silva em 19/11/2011 10:06:00
Sr. Deputado foi construido em nossa cidade um presidio federal, e pelo que se sabe um presidio desse porte é para abrigar bandidos de alta periculosidade e não para ficar vazio a espera de mocinhas. Ora, concordo plenamente com a vinda desses bandidos para nosso presidio, isso demonstra que estamos preparados para dar segurança ao povo brasileiro.
 
aorimar oliveira da silva em 19/11/2011 09:56:25
CLARO QUE VAI BRIGAR POR CAUSA DOS ROYALTIES AFINAL DE CONTAS MAIS DINHEIRO PRA CAIXA 2 NAO É DEPUTADO!! PORQUE NAO FAZ ESSE BARULHO PARA DEFENDER A SAUDE DE NOSSA CIDADE!! ONDE EM ALGUNS DIAS MORRERAM 3 PESSOAS POR CONTA DE ERROS BIZONHOS DE MEDICOS DESPREPARADOS QUE CONFUNDEM PICADA DE ESCORPIAO COM VIROSE?? PRA ISSO NINGUEM SE MEXE!!
 
CARLOS DAMASCENO em 19/11/2011 08:52:28
A Justiça Federal fez o que a lei manda, ou seja, analisou se o caso do preso atendia às condições estabelecidas na lei. Agora, quem faz a lei? Não seriam os deputados e senadores, com o aval do Poder Executivo? Assim, caso o nobre deputado queira mudar a situação, ele tem a iniciativa para isso. Já, ao Juiz Federal que autoriza, apenas autoriza a transferência do preso, só resta cumprir a lei.
 
Clorisvaldo Rodrigues dos Santos em 19/11/2011 08:44:53
Acho que algumas pessoas não entendem que essa penitenciaria
foi construida com o objetivo de receber bandidos de outros Estados.
Para tira-los da sua área de atuação.
Se era contra , teria que falar antes de construir.
 
Elisiar Ferreira em 19/11/2011 08:39:53
Uma velha frase conhecida: Uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Não adianta ficar choramingando. O presidio federal existe aqui, portanto, acostumem-se.
 
Thiago Kalunga em 19/11/2011 08:13:42
Agora nao adianta reclamar, foram voces mesmo politicos que quizeram colocar um presidio federal, o brasil tem que ser mais rigido com esses coisa ... por que nao pega a lei dos EUA, onde quem mata tem pena de morte, quantas pessoas ele nao mandou matar, quantas familias nao choram ate hoje com a morte de seus entes queridos,
 
Danilo Gentil em 19/11/2011 07:57:40
Se o presidio federal, que foi instalado aqui, não puder receber presos de outras unidades da Federação, vai servir para que?
 
jose ortiz em 19/11/2011 07:35:47
parabens deputado,preçisamos de mais politicos igual ao senhor.dinheiro e industria e para eles e os bandidos deles e para nos? nao aguentamos mais isso!
 
joao batista em 19/11/2011 07:35:23
Santa hipocrisia por parte do Rio. Com toda razão o Deputado Azambuja; porém, parece que MS não tem mais representantes, alem do Deputado?. Os demais representantes precisam lutar mais pelos interesses do estado, foram eleitos para isso, ou não??? Parabéns ao Deputado Azambuja pela defesa do MS.
 
Vicente de Paulo em 19/11/2011 06:49:33
Pois então vamos tratar de enviar os criminosos de Mato grosso do Sul para cumprirem pena no Rio de Janeiro...deve dar em alguma coisa boa essa troca....vamos tentar?
 
rose mara em 19/11/2011 06:48:50
Concordo, com o Deputado, se o RJ investisse corretamente toooodo dinheiro desviado em saúde, educaçao e segurança, nao precisariam esportar os bandidos.
E o pior é que os comparsas vindo começam a ramificar por aqui tambem!
 
Julio Ramires em 19/11/2011 06:46:48
Vc já reparou qta gente com sotaque carioca tem em ponta porã, é impressionante, é só dar uma voltinha por lá e prestar a atenção. Certamente ele vem a P.Porã, por que nossas praias são muito melhores!!!!
 
Eduardo guimarães em 19/11/2011 05:35:45
Muito bem lembrado, os royalties do pré sal não querem dividir, defendem que é somente dos Estados produtores, mas traficantes estão exportando, aliás com as ocupações e implantação das UPP nos morros já se sabe que o tráfico estão ocupandos cidades do interior do país e Campo Grande/MS, pela proximação das fronteiras com Paraguai e Bolivia é um local interessante para os objetivos das facções.
 
EDILSON PEREIRA DA SILVA em 19/11/2011 05:33:59
Até que enfim uma autoridade se manifestou sobre essa situação absurda! Inadmissível que esses monstros criados nos grandes centros sejam despejados em nossa cidade. Onde estão as autoridades que nada fazem para obstaculizar essas transferências? Já temos violência demais na cidade, não precisamos importá-la. O que as autoridades desse estado fizeram para impedir a construção desse presídio? Nada!
 
George Rodrigues em 19/11/2011 05:29:25
Muito importante esta observação do Deputado e esta situação tem que ser destacada porque dividir os royaltes do petroleo o Rio não quer mas mandar o que tem de pior por lá isso eles querem dividir rapidinho.
 
Airton Santos em 19/11/2011 04:57:45
um reflexo do que o participante Marcos comentou acima já ocorre em forma de escândalos do punk,música carioca em que as mulheres estão fazendo loucuras nas noites em convêniencias da cidade.
 
antonio costa em 19/11/2011 04:53:10
Estados produtores? de petróleo? como se a Petrobrás é uma empresa Federal? e não do Estado do Rio de Janeiro,toda descoberta e produção do petróleo pertence a união federal o fato de ser descoberto numa determinada região do país é apenas detalhe as riquezas devem beneficiar o país como um todo e não somente um estado por esta reserva estar em seu território ou repartição.
 
antonio luis costa em 19/11/2011 04:49:18
Parabérns deputado, até que enfim alguém daqui da terra levanta a voz para condenar esses fatos; até achei que nossos politicos estavam gostando disso; agora, só falta o deputado fazer esta fala quando do uso da palavra no plenário da câmara pára nã ficar só na midia local, aí sim vai parecer que a indignação é séria, vamu esperá prá ver....
 
anderson roque em 19/11/2011 03:36:53
Isso Deputado Azambuja, lute por nosso quinhão na divisão dos royalties. Vamos tentar também reverter as péssimas consequencias dessa herança maldita chamada presídio federal deixada pelos "cumpanheiros". Tornamo-nos o lixo humano do país. Lute e terá os voto conscientes do nosso Estado. Enquanto houver consumidores de drogas, mais traficantes (e outros meliantes) serão "exportados" para cá.
 
Helois Braga em 19/11/2011 03:34:31
valeu Deputado azambuja, querem fazer o nosso estado de deposito de traficante,dividir a mentira do petroleo eles nao querem, pois fiquem com os presos , que nos ficamos em paz
 
jader faria rodrigues em 19/11/2011 03:01:37
Parabéns deputado pela coragem de criticar esse absurdo.....
 
Luiz Antonio Barros Leite em 19/11/2011 02:55:26
Meus sinceros parabéns ao nobre Deputado! Sao atitudes como essa que a populaçao sulmatogrosense espera dos homens democraticamente eleitos. Sua defesa em prol dos interesses de nosso Estado nao serao em vao, pois o povo, em sua grande maioria, já deixou de ser ignorante, e, açoes assim sao notadamente objeto de destaque nas rodas de tereré e outros encontros sociais. Continue assim!
 
Alexandre S. da Silva em 19/11/2011 02:39:54
É a primeira vez que o Azambuja falou alguma coisa certa.
 
Marco Stuani de CG em 19/11/2011 02:37:00
ME ENGANA QUE O GOVERNO DO MS E O MUNICÍPIO DE CAMPO GRANDE NÃO RECEBEM INCENTÍVO OU PROMESSA FEDERAL POR CONTA DA EXISTÊNCIA DO PRESÍDIO FEDERAL POR AQUI.
É MUITA HIPOCRISIA PARLAMENTAR, E MUITA INGENUIDADE ACHAR QUE O POVO É BESTA.
NO MUNDO POLÍTICO NADA EXISTE SEM TROCA DE FAVORES!
 
MARCELO GOMMES em 19/11/2011 02:04:14
Deputado Azambuja concordo plenamente com o Senhor, vamos fazer assim eles socializam os miliantes e os royalties e MS tem créditos, pois há qto tempo vem guardando o pessoal do RJ.
 
Eveline Peters em 19/11/2011 01:41:52
O problema não é só os bandidos que são transferidos para cá e sim todos os comparsas deles que acabam vindo para nossa cidade para ficar mais perto de seus líderes.
 
marcos maia em 19/11/2011 01:35:45
Somos uma República Federativa e também devemos nos comprometer.
Eles só querem é fazer auê.
 
Antenor Dorval em 19/11/2011 01:25:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions