A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

28/04/2009 16:57

Rayssa continua no CTI mas apresenta melhora

Redação

Rayssa Favaro, 19 anos, filha do superintendente da PRF (Polícia Rodoviária Federal), Valter Favaro, continua no CTI (Centro de Terapia Intensiva) da Santa Casa de Campo Grande mas o quadro de saúde da jovem apresenta melhora. Segundo a assessoria de imprensa do hospital, médicos começaram a retirar ontem a sedação de Rayssa ela responde a estímulos. Entretanto, o hospital esclarece que o estado da jovem ainda é considerado grave.

Rayssa conduzia o veículo Fiat Uno JGN-3274, que colidiu com o Honda Civic placa HTD-7707, dirigido por Marcelo Broch, 18 anos, sobrinho da promotora de Justiça Regina Broch. O acidente ocorreu dia 21 de abril, no cruzamento da Rua Bahia e Avenida Mato Grosso.

Marcelo abandonou o local do acidente sem prestar socorro à Rayssa e ao primo Gabriel, de 16 anos, que estava no Honda Civic. Marcelo alega que fugiu porque tem síndrome do pânico e, como ficou nervoso, precisava de medicação.

A promotora de Justiça, que é a dona do carro envolvido no acidente, pediu à Polícia que investigue Marcelo por furto, já que ele pegou o carro sem permissão.

Marcelo afirma não ter consumido bebida alcoólica antes do acidente, versão que não é confirmada pelo primo Gabriel, que estava com ele em uma festa no Clube Estoril na madrugada do acidente. Marcelo não possui CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions