A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

01/02/2016 18:40

Reinaldo e 19 governadores vão a Brasília pedir soluções econômicas para o País

Thiago de Souza
Governador pede ações para retomada do desenvolvimento no País. (Foto: Divulgação assessoria)Governador pede ações para retomada do desenvolvimento no País. (Foto: Divulgação assessoria)
Governadores e vice-governadores em reunião na Residência Oficial de Águas Claras. (Foto: Tony Winston)Governadores e vice-governadores em reunião na Residência Oficial de Águas Claras. (Foto: Tony Winston)

A primeira agenda pública do Governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), após o período de férias, foi uma reunião com mais 24 governadores e vice-governadores do País, na residência oficial de Águas Claras, do Governo do Distrito Federal, nesta tarde, em Brasília. Eles discutiram soluções econômicas comuns a serem encaminhadas ao presidente do Senado, Renan Calheiros, em reunião que acontece nessa noite.

“Estamos discutindo pautas comuns dos 27 Estados em busca da retomada do desenvolvimento. Entre elas estão o alongamento e refinanciamento da dívida, apoiar a questão da aprovação da PEC dos depósitos judiciais para pagamentos de precatórios, a questão previdenciária, abertura de novas operações de crédito e principalmente uma discussão mais aprofundada sobre o pacto federativo”, revelou Reinaldo.

O anfitrião do Fórum, governador do Distrito Federal, Rodrigo Rolemberg, reforçou a união dos executivos estaduais. “O foco é o esforço dos governadores para se unirem numa pauta de retomada de crescimento econômico. É muito importante para os Estados uma renegociação das dívidas com a União e a retomada das operações de créditos pelo Governo Federal para aumentar a capacidade de investimentos. No Congresso Nacional, queremos a aprovação da PEC dos depósitos judiciais e, além disso, um apelo para o Congresso derrubar o veto da presidenta do projeto de repatriação de recursos no artigo que definia a divisão para os Estados”, declarou.

Este é o segundo encontro do grupo de governadores, que têm objetivo de elaborar agendas positivas e sugerir ao Governo Federal e ao Congresso Nacional soluções para melhorar a economia do Brasil.

O encontro segue a portas fechadas. Reinaldo informou que outras duas agendas estão programadas para esta segunda-feira (1). “As 20h vamos conversar com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e em seguida com o presidente do senado, senador Renan Calheiros para acelerar algus projetos como a PEC Mendonça Filho, que só autoriza criação de despesas para o estados e municípios se houver previsão de receita. Esses são nossos assuntos prioritários desta agenda”, finalizou.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions