A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

01/02/2016 18:40

Reinaldo e 19 governadores vão a Brasília pedir soluções econômicas para o País

Thiago de Souza
Governador pede ações para retomada do desenvolvimento no País. (Foto: Divulgação assessoria)Governador pede ações para retomada do desenvolvimento no País. (Foto: Divulgação assessoria)
Governadores e vice-governadores em reunião na Residência Oficial de Águas Claras. (Foto: Tony Winston)Governadores e vice-governadores em reunião na Residência Oficial de Águas Claras. (Foto: Tony Winston)

A primeira agenda pública do Governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), após o período de férias, foi uma reunião com mais 24 governadores e vice-governadores do País, na residência oficial de Águas Claras, do Governo do Distrito Federal, nesta tarde, em Brasília. Eles discutiram soluções econômicas comuns a serem encaminhadas ao presidente do Senado, Renan Calheiros, em reunião que acontece nessa noite.

“Estamos discutindo pautas comuns dos 27 Estados em busca da retomada do desenvolvimento. Entre elas estão o alongamento e refinanciamento da dívida, apoiar a questão da aprovação da PEC dos depósitos judiciais para pagamentos de precatórios, a questão previdenciária, abertura de novas operações de crédito e principalmente uma discussão mais aprofundada sobre o pacto federativo”, revelou Reinaldo.

O anfitrião do Fórum, governador do Distrito Federal, Rodrigo Rolemberg, reforçou a união dos executivos estaduais. “O foco é o esforço dos governadores para se unirem numa pauta de retomada de crescimento econômico. É muito importante para os Estados uma renegociação das dívidas com a União e a retomada das operações de créditos pelo Governo Federal para aumentar a capacidade de investimentos. No Congresso Nacional, queremos a aprovação da PEC dos depósitos judiciais e, além disso, um apelo para o Congresso derrubar o veto da presidenta do projeto de repatriação de recursos no artigo que definia a divisão para os Estados”, declarou.

Este é o segundo encontro do grupo de governadores, que têm objetivo de elaborar agendas positivas e sugerir ao Governo Federal e ao Congresso Nacional soluções para melhorar a economia do Brasil.

O encontro segue a portas fechadas. Reinaldo informou que outras duas agendas estão programadas para esta segunda-feira (1). “As 20h vamos conversar com o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e em seguida com o presidente do senado, senador Renan Calheiros para acelerar algus projetos como a PEC Mendonça Filho, que só autoriza criação de despesas para o estados e municípios se houver previsão de receita. Esses são nossos assuntos prioritários desta agenda”, finalizou.

 

Governo altera datas de teste físico de concurso da Polícia Civil
Foram alteradas as datas para realização da avaliação de aptidão física dos candidatos que continuam a participar do conurso público para escrivão e ...
Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions