A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

12/12/2012 20:11

Relatório aponta que 483 veículos têm denúncias de roubo no Brasil

Gabriel Neris

O Ministério das Relações Exteriores divulgou o número de veículos com denúncias de roubo no Brasil que estão sob custódia de autoridades bolivianas. O número apresentado à OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil) foi de 483 veículos após solicitação de providências e informações sobre política de segurança na fronteira.

De acordo com ofício enviado à OAB/MS, o governo brasileiro solicitou a devolução dos veículos à Bolívia, mas ainda aguarda “deliberações internas” do país vizinho que sejam definidos os procedimentos a serem adotados para a restituição dos veículos ao Brasil.

Foram solicitadas explicações sobre as medidas brasileiras a respeito do reforço da fiscalização a carros roubados no Brasil e encaminhados à Bolívia, onde são nacionalizados.

Em resposta, o Ministério afirma que o processo de legalização de veículos tem amparo na Lei nº 133, da Bolívia, que teria por objetivo regularizar veículos que tenham entrado em território boliviano sem atender às exigências legais, como pagamento de impostos, porém vedava a regularização de veículos com denúncia de roubo ou furto.

Durante o debate “Não Podemos Esquecer”, a legislação boliviana foi apontada por autoridades regionais como uma das principais causas do aumento da violência em Mato Grosso do Sul, que fez a OAB/MS entrar em contato com o Ministério.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...


O governo brasileiro tem de tratar de igual, roubam nossos carros e legalizam! Agora se aparecer algum carro roubado de lá é devolvido na hora (assim como no Paraguay). O mato Grosso do Sul so não se desenvolve mais que São Paulo por causa das fronteiras, os hospitais públicos estão cheios de paraguaios e bolivianos, entra drogas e armas deste paízes, veículos roubados vão parar lá, etc.... O brasil ja tomou a ponta no mercosul, então deveriam chegar juntos dos governtes de Bolívia e Paraguay para cobrar satisfações de suas atitudes para com o crime e saúde pública.
 
Alexandre de Souza em 12/12/2012 22:07:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions