A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

06/08/2013 13:56

Reunião não avança e servidores penitenciários prometem "radicalizar"

Graziela Rezende

A reunião para discutir a atual situação do sistema penitenciário de Mato Grosso do Sul, após 1h30, terminou sem definição na manhã desta terça-feira (6). Por um lado, a categoria ressalta que as reivindicações são muito claras. Já o titular da Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública), Wantuir Jacini, informou que aguarda um posicionamento do governador André Puccinelli (PMDB).

Passados os dez dias, caso não haja nenhuma atitude, os servidores penitenciários prometem “radicalizar”. “Vamos suspender todo e qualquer atendimento nos presídios, não vai entrar advogado e muito menos parente de preso”, afirma o presidente do Sinsap/MS (Sindicato dos Servidores em Administração Penitenciária), Fernando Sanábria.

Segundo Sanábria, com a atitude dos agentes penitenciários, por enquanto, os presos estão tranquilos. “Com as celas um pouco mais vazias, eles até acham melhor. Mas se nada for feito, não vamos mais receber ninguém e eles é quem não vão gostar disso, inclusive querendo fugir e em seguida cometer crimes na cidade”, afirma Sanábria.

Um agente penitenciário que atua há 12 anos no Estabelecimento Penal de Segurança Máxima, mas que prefere não se identificar, ressalta que o medo da categoria é uma fuga em massa na Capital, assim como ocorreu no dia 11 de Maio de 2006. “Por ordem do PCC, houve quebra quebra no Dia das Mães, em quatro presídios do Estado. Eles quebraram as portas e fizeram os agentes reféns”, relembra o agente.

Em cada plantão no local, o agente comenta que as muralhas ficam desguarnecidas, com no máximo um ou dois policiais militares monitorando. “Nossa obrigação é fazer a prevenção, mas não tem como porque, quando deveríamos ter 30, tem 10. Atualmente, estamos em pouquíssimos homens para cuidar de mais de dois mil presos”, comenta.

Na sexta-feira (1), o governador André Puccinelli (PMDB), anunciou a contratação de 230 agentes, número insuficiente de acordo com a categoria. “Precisamos de ao menos 600 homens. Em 2004, no último concurso de 134 vagas, apenas 118 foram nomeados. Nunca tem sobra e nós é que sofremos com isso”, finaliza o agente.

O Governo vem ressaltando que a situação é tranquila nos presídios. Na Capital, presos estão sendo transferidos para delegacias especializadas para desafogar as outras unidades. 

"Se vier, vai parar na porta", diz agente sobre transferência de presos para MS
Sem ter onde mais colocar presos, agentes penitenciários decidiram interditar os presídios estaduais por dez dias, a partir desta quinta-feira (1). E...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...


10 (dez) Homens pra cuidar 2000 (dois mil) presos, num presídio que diz ser de segurança máxima. Proporcionalmente ridículo o número de agentes nos presídios de Mato Grosso do Sul. Depois perguntam porque o crime organizado articula crimes de dentro dos presídos. O governo investe em viaturas e uniformes para policiais e mostra pra sociedade que esta combatendo o crime, os criminosos presos vão parar nos presídios, todos amontoados e articulando os mais diversos tipos de crimes, e quem paga o preço quando eles saem para o convívio na sociedade somos nós. Como ressocializar presos, sem as mínimas condições de segurança para trabalhar dentro dos presídios.
 
Altair Silva de Lima em 09/08/2013 12:03:32
será q entendi bem 2000 homens que cometeram os piores crimes contra a população, e apenas 10 para cuidar, dai sr. governador tira um pouco do aquario, e de sossego para população, pq na hora que esses presos resolverem fazer q nem fazer nos grandes centros, fazendo barbaries, ai quero ver o sr. falar q esta tudo bem!!!!!
SE FOSSE AGENTE PENITENCIÁRIO JA TINHA ENTRADO EM GREVE!!!!!!!!
 
sandro ramos paiva em 06/08/2013 14:52:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions