A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

08/12/2009 15:55

Rio Taquari subiu 1,96 metro prejudicando 1.600 em Coxim

Redação

Em razão das chuvas que provocaram alagamentos, deixaram casas submersas e centenas de famílias desabrigadas, o nível do Rio Taquari, em Coxim (260 km de Campo Grande), ainda está 1,96 metro acima do considerado normal.

Apesar das chuvas terem parado nesta tarde, as casas às margens do rio continuam alagadas, conforme a assessoria de imprensa da Prefeitura, em razão da água proveniente de outros municípios como Alcinópolis, Rio Verde e São Gabriel.

Segundo os números divulgados pela prefeitura, obtidos através da Defesa Civil, 1.600 pessoas foram afetadas diretamente pelas enchentes, não podendo sair de suas casas devido à destruição das ruas em diversos bairros. Além disso, 350 pessoas foram desalojadas (e foram encaminhadas para casa de parentes) e 50 desabrigadas (e estão em centros comunitários e ginásios de esporte).

No domingo, haviam sido registrados 77 milímetros de chuva em Coxim. Já na segunda-feira foram mais 63,5 milímetros e hoje 157,1 milímetros.

Em entrevista à assessoria, o meteorologista Natálio Abrão afirmou que até domingo a previsão é de muita chuva na região.

A quantidade de chuva que era esperada para todo o mês de dezembro é de 240 milímetros na região, mas somente em Coxim as chuvas já ultrapassaram esta marca, chegando a 297,5 milímetros de domingo até hoje.

ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions