A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 18 de Janeiro de 2018

24/06/2008 15:57

Samu vai usar motocicletas em atendimento a pacientes

Redação

O Samu (Serviço de Atendimento Médio de Urgência e Emergência) vai aplicar nova estratégia de trabalho para atendimentos de urgências em Campo Grande. Segundo o coordenador do serviço, Eduardo Cury, em 30 dias, os atendentes do Samu começam a usar motocicletas com equipamentos de intervenção rápida para as ocorrências.

Em princípio, o Samu terá duas motocicletas para o trabalho. Os veículos foram apreendidos com traficantes de drogas e cedidos pela Justiça Federal ao Estado.

Agora, o Samu vai equipar as motocicletas com sirene de sinalização e alerta, rádio, uma maleta onde será instalado um defibrilador automático portátil e materiais para uso em vias respiratórias.

Os enfermeiros e médicos do Samu também passarão por um treinamento para o uso das motocicletas.

As motos, reforça Cury, não excluem o envio das ambulâncias. O uso só será aplicado para garantir agilidade aos primeiros atendimentos aos pacientes.

Equipadas, cada motocicleta deve custar cerca de R$ 40 mil e, quando o Ministério da Saúde enviar mais oito, até setembro, o serviço estará completo.

Além do uso de motocicletas, o Samu está estudando a instalação de equipamentos de vídeo na sunidades de emergência. O trabalho integra um projeto que ainda está em estudo pelo Ministério da Saúde e terá Mato Grosso do Sul como pioneiro.

Conforme Cury, por meio do vídeo as ocorrências serão transmitidas em tempo real. Dessa forma, além de auxilio à distância, as equipes terão maior preparo para reserva de leitos hospitalares conforme a ocorrência atendida.

Nacional - As motocicletas já garantidas e o estudo da transmissão das ocorrências por vídeo integram plano de trabalho lançado nesta terça-feira pelo Ministério da Saúde. Para Mato Grosso do Sul, o plano garantiu, ainda, quatro macas infláveis que serão usadas para resgate em áreas de difícil acesso.

O Ministério da Saúde vai distribuir 2,5 mil desfribiladores para o Samu em todo o País e 400 motos. Alguns estados receberão helicópteros e vai haver um mapeamento de prevenção de desastres com múltiplas vítimas.

Começa na segunda-feira prazo para alunos da UEMS fazerem rematrícula
Quem já é aluno da UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) tem prazo de segunda-feira, 22 de janeiro, até a 3 de fevereiro para confirmar ...
Capes recebe até esta sexta-feira inscrições a 400 bolsas de estudo
A Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) recebe até amanhã (19) inscrições para programas no exterior. São 400 vagas dis...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions