A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

10/09/2010 13:30

Santa Casa investe para melhorar imagem do hospital

Redação

A Santa Casa de Campo Grande completou cinco anos de intervenção pelo poder público em janeiro deste ano. Com status de ser um dos maiores hospitais do Centro Oeste e com média de seis mil atendimentos por mês , só no Pronto Socorro, a administração trabalha agora para melhorar a imagem da instituição.

Considerada a quarta maior do país, a Santa Casa de Campo Grande tem atualmente como presidente Jorge Martins, que tem longa experiência em administração pública, tendo ocupado diversos cargos em governos estaduais e municipais e que foi vereador na Capital por dois mandatos.

Ele conta que teve dois minutos para decidir se aceitava a missão de gerir o hospital. "Apesar de eu ter dito 'não', o prefeito (Nelson Trad Filho) 'gentilmente' me definiu a missão", brinca.

O ex-secretário de administração de Campo Grande está há 68 dias na função, a primeira vez que ele trabalha na área de saúde.

Martins é administrador, contador e economista por formação e disse que passa grande parte de seu dia no hospital. "Esse cargo demanda tempo e dedicação. Não adianta enrolar", comenta.

O estopim da intervenção no hospital, em 15 de janeiro de 2005, foi uma dívida de R$ 37 milhões com bancos, fornecedores e concessionárias de telefone, energia e água. Por conta disso, a Santa Casa ficou fechada por alguns dias, aceitando apenas casos de urgência.

Foi o primeiro caso de intervenção no País que envolveu o afastamento total da diretoria de um hospital privado.

Atualmente, o orçamento do hospital é de R$ 11 milhões de reais por mês, 93% deste montante são repassados pelo SUS. O restante vem de convênios particulares.

Atendimentos - A Santa Casa realizou, em agosto, 6000 atendimentos no Pronto Socorro; 18 mil consultas de ambulatório; 53 mil exames; 1.900 cirurgias; 250 partos e outros serviços. O hospital tem 598 leitos, sendo 508 para atendimentos do SUS (Sistema

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions