A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

05/08/2009 12:00

Santa Casa terá R$ 7 milhões para corrigir "gargalos"

Redação

A Santa Casa terá R$ 7,4 milhões em obras entregues até o fim deste ano. Nesta quarta-feira, durante inauguração da nova sede da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB) autorizou a construção da Unidade Coronariana, da reforma do Pronto Socorro, da Unidade de Nutrição e ampliação do CTI (Centro de Tratamento Intensivo). De forma rotineira, o Campo Grande News mostra o drama de pacientes que não conseguem atendimento especializado por falta de leitos na UTI.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Luiz Henrique Mandetta, as obras corrigem "gargalos" na estrutura do maior hospital público do Estado.

"São 15 leitos de CTI adulto no 5°andar, mais 10 leitos para a coronariana. A unidade vai ser ocupada por pacientes com cardiopatias, infarto", afirma o secretário.

Conforme Mandetta, o projeto inclui reforma e entrega de equipamentos do Pronto Socorro. Porta de entrada para os pacientes, o local terá recursos de R$ 850 mil. "Vamos organizar o fluxo. Terá uma sala para emergência e sala de estabilização para pacientes graves", explica.

Atualmente, os pacientes são atendidos no mesmo espaço. Os novos leitos serão cadastrados no SUS (Sistema

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions