A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Janeiro de 2018

15/01/2008 06:27

Saúde admite que pode faltar vacina contra febre amarela

Redação

O corre-corre pela vacinação contra febre amarela dos últimos dias pode levar à falta de doses nos postos de Mato Grosso do Sul. A confirmação foi dada esta manhã pelo diretor de Vigilância de Saúde da Secretaria Estadual de Saúde, Eugênio de Barros, durante entrevista ao programa Bom Dia MS, da TV Morena. Ele apela para que a população seja consciente e quem já foi imunizado nos últimos 10 anos não procure a vacina novamente porque pode trazer conseqüências negativas para a saúde e para dar oportunidade aos que estão desprotegidos.

Por outro lado, Barros destaca que não há motivo para pânico e que somente pessoas que vão viajar para áreas florestais correm risco e precisam estar imunizadas. Os casos recentes de febre amarela causaram uma busca desenfreada pela vacina em todo o País e por isso há risco de faltar doses.

Ontem Mato Grosso do Sul recebeu mais 50 mil doses suplementares do Ministério da Saúde. Cada uma delas custa mais de R$ 1,00 aos cofres públicos federais. Até o momento uma morte por febre amarela está confirmada no País, em Brasília. O paciente foi infectado em Goiás. Há um caso em São Paulo, de uma turista que teria contraído a doença em Mato Grosso do Sul, no município de Bonito.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions