A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

18/08/2009 13:53

Saúde confirma 1ª morte por gripe suína e apura mais 6

Redação

A Secretaria Estadual de Saúde confirmou a primeira morte por gripe suína em Mato Grosso do Sul. Outros seis casos estão sendo investigados, sendo quatro em Campo Grande, um em Ponta Porã e um em Amambai.

A primeira morte confirmada no Estado é Ana Paula Elias Guinda, 24 anos, que trabalhava no Centro de Educação Infantil do bairro Paranapungá, em Três Lagoas, que apresentou os primeiros sintomas no dia 20 de julho deste ano. A notificação aconteceu no dia 24 passado e o óbito no dia 3 deste mês.

Segundo a Diretoria de Vigilância em Saúde, foram realizados dois exames pelo Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo. A mulher permaneceu internada no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, em Três Lagoas, a 339 quilômetros de Campo Grande.

Em relação à confirmação da primeira morte no estado, o diretor de Vigilância em Saúde, Eugênio Barros, afirmou que não se esperou a morte para tomar providências de assistência necessária.

Mais casos - Até o momento, dois óbitos suspeitos pela gripe já foram descartados (um de Campo Grande e outro de Caarapó). No caso de Amambai, segundo Barros, só será confirmado por vínculo epidemiológico porque não foi coletada amostra e nem realizada necropsia.

Houve outros óbitos de idosos em alguns municípios do estado que, entre as hipóteses, considerou-se a suspeita da H1N1 2009. Contudo, foram confirmados outros diagnósticos, principalmente, de pneumonia, segundo a Secretaria de Saúde, sem qualquer vínculo com gripes, seja a sazonal ou do H1N1.

"A busca por dados reais é parte das atividades dos profissionais de saúde; esta é uma questão ética constante. Portanto, não existe a menor possibilidade de que os dados não sejam apresentados conforme ocorrem", afirmou, sobre a não divulgação das mortes antes desta semana.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions