A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

08/01/2013 13:57

Saúde repassa R$ 2,8 milhões para combate à dengue em MS

Paula Vitorino

Mato Grosso do Sul irá receber o reforço de R$ 2,8 milhões para as ações de combate ao mosquito transmissor da dengue, o Aedes aegypti. O repasse é do Ministério da Saúde e será feito a todos os municípios do país, totalizando R$ 173,2 milhões.

O adicional representa um subsídio de 20% do valor anual do Piso Fixo de Vigilância e Promoção da Saúde, que já é repasado pelo Ministério, e será repassado em parcela única.

Em contrapartida, os municípios precisam cumprir algumas metas, como disponibilizar quantitativo adequado de agentes de controle de endemias; garantir cobertura das visitas domiciliares pelos agentes; adotar mecanismos para a melhoria do trabalho de campo; realizar o LIRAa (Levantamento Rápido de Infestação por Aedes Aegypti) com ampla divulgação nos veículos de comunicação locais; notificar os casos graves suspeitos de dengue, entre outras medidas.

O Estado registrou 16.506 notificações de casos suspeitos de dengue em 2012, sendo 170 confirmados e seis mortes.

Na avaliação do Ministério da Saúde, os casos considerados graves no ano passado somam 103, enquanto que em 2010 foram 1.815 mil – diversas cidades enfrentaram epidemia nesse ano. Uma redução de 94%.

Em Campo Grande, foram 994 casos confirmados de dengue em 2012, com três mortes, e 7.752 casos notificados. Em janeiro, estão sendo notificados 125 casos, em média, por dia. A Prefeitura decretou mutirão de saúde com ações de emergência para combater os índices.

No país, foram registrados 3.965 casos graves, contra 17.475 no mesmo período de 2010. O número de mortes em 2012 foi de 283, redução de 57% em relação a 2010.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions