A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

09/12/2009 17:42

Secretaria retarda em três anos idade de ingresso na EJA

Redação

A Secretaria Estadual de Educação retardará, a partir de 2010, em três anos a idade mínima dos estudantes interessados na EJA (Educação de Jovens e Adultos) em Mato Grosso do Sul. A medida foi adotada após o crescimento de 140% no número de matrículas nesta modalidade de ensino no Estado.

De acordo com a secretária estadual de Educação, Maria Nilene Badeca da Costa, a partir de agora, a idade mínima para ingresso na EJA nível fundamental passa a ser 18 anos. Até este ano, o estudante deveria estar com, no mínimo, 15 anos.

Também foi atrasado em um ano a idade para a matrícula na EJA ensino médio, que passa de 17 para 18 anos. Ela justificou que a medida tem o objetivo de só permitir a matrícula de pessoas adultas e responsáveis e não tiveram a oportunidade de cursar o ensino normal.

Maria Nilene explicou que o estudante deverá ter maturidade para freqüentar o curso sem evadir-se. Como o tempo de duração é menor e o horário é flexível, a EJA acabou sendo opção para estudantes em idade escolar, porque estariam concluindo o curso mais rapidamente.

Nos últimos 10 anos, o número de alunos matriculados na EJA no Estado cresceu 140%. Neste ano, 59.731 alunos freqüentam a Educação de Jovens e Adultos, contra 24.847 em 1999. Em 2009, somente o número de matriculados no nível médio, 27,5 mil, supera o total registrado há 10 anos. Outros 32,1 mil freqüentam o ensino fundamental.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions