ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, QUINTA  21    CAMPO GRANDE 21º

Cidades

Segurança de jogo terá 230 policiais e barreiras a 50 km da Capital

Por Edivaldo Bitencourt e Zana Zaidan | 21/11/2013 09:52

A Polícia Militar divulgou, na manhã desta segunda-feira, o esquema de segurança para o jogo de Palmeiras e Ceará, neste sábado, no Estádio Pedro Pedrossian, o Morenão. Serão 230 policiais. A estimativa é de que 25 mil pessoas compareçam ao estádio para acompanhar a partida válida pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Segundo o coronel Evaldo Mazuy, oito ônibus devem chegar à Capital no sábado. No entanto, ele espera que os coletivos vão trazer caravanas do interior e de outros Estados. O serviço de inteligência da PM de São Paulo informou que a torcida organizada não vem para o jogo da entrega da taça de Campeão da segundona ao alviverde.

No entanto, mesmo assim, a PM vai montar barreiras nos acessos à Capital, de 40 a 50 quilômetros de distância, para vistoriar os ônibus. Os policiais vão fiscalizar as bagagens para apreender produtos proibidos, como fogos de artifício, pedaços de madeira e outros.

O esquema – Dos 230 policiais, 32 são do Bptran (Batalhão da Polícia de Trânsito) e vão iniciar o controle dos acessos ao Morenão por volta das 13h de sábado. A partida começa às 16h20.

Outros policiais, entre 20 e 30 militares, vão estar a paisana no meio dos torcedores e estarão prontos para entrar em ação em caso de tumulto ou vandalismo.

Também vão estar atuando no jogo 16 viaturas e 32 motos da PM.
Mazuy espera que 25 mil pessoas compareçam ao estádio para ver a entrega da taça de Campeão da Série B. Foram colocados 29 mil ingressos a venda.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário