A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018

04/11/2009 16:18

Seis presos em São Gabriel; quadrilha iria roubar carros

Redação

Seis pessoas foram presas em São Gabriel do Oeste, cidade que fica a 149 quilômetros de Campo Grande, pelos crimes de porte ilegal de arma, tráfico de drogas, associação para o tráfico e formação de quadrilha.

De acordo com a Polícia Civil, a quadrilha se preparava para roubar caminhonetes e carretas para serem trocados por entorpecentes na Bolívia ou no Paraguai. Para pagar o combustível que seria utilizado nos veículos, a quadrilha vendia drogas.

Segundo a Polícia Civil, investigações do SIG (Serviço de Investigações Gerais) no mês passado apontaram que Tiago Surubi, 26 anos, estava montando uma "base" no município para prática de roubos. A Justiça então deferiu pedido de busca e apreensão na residência de Tiago dia 14 de outubro, no entanto não foi cumprido no dia porque o suspeito saiu da cidade.

No dia 31 (sábado), os policiais foram informados que Tiago já estava no município. Ele foi então preso em uma boate com um revólver calibre 32 municiado e duas trouxinhas de maconha.

Conforme a Polícia Civil, ao ser preso Tiago ofereceu R$ 100 aos policiais para ser liberado e já na cela, pediu para os dois escrivães que o prenderam, matar uma pessoa que ele mataria.

Após a prisão de Tiago, a Polícia cumpriu o mandado de busca e apreensão na casa dele, sendo encontrada no local uma máquina de choques.

Na manhã dessa terça-feira, os policiais foram para um outro local, onde Tiago dormia, e prenderam em flagrante no local, Luiz Carlos Saucedo, 30 anos; um homem de 33 anos, que não teve o nome divulgado pela Polícia Civil, e uma adolescente de 15 anos. No local, foram apreendidas 60g de maconha.

Os policiais foram para outra residência e encontraram dois adolescentes de 17 anos. Um deles, que estava com um revólver calibre 32 conseguiu fugir, mas foi preso horas depois.

O garoto que foi preso na casa, de acordo com a Polícia Civil, invadiu um hotel do município, fez reféns e agrediu as vítimas.

Segundo a Polícia Civil, estes dois adolescentes de 17 anos contaram que se uniram a Tiago e a Luiz Carlos. Disseram ainda que utilizavam a moto do homem de 33 anos para andar pela cidade para levantar informações sobre caminhonetes Hilux e carretas.

Conforme a Polícia, eles também declararam que vendiam drogas em uma das residências para levantar dinheiro para comprar combustíveis.

O homem de 33 anos declarou que não sabia da utilização da moto dele e confirmou que estava na residência onde foi preso para comprar drogas.

De acordo com a Polícia Civil, a prisão da quadrilha frustrou um roubo que ocorreria no dia em que Tiago foi preso. Conforme a Polícia Civil, os suspeitos tinham intenção de invadir uma residência, fazer a família refém e roubar uma carreta. O motorista do veículo que seria roubado seria um homem de Campo Grande, que não foi identificado.

Segundo a Polícia Civil, Tiago já esteve preso em Corumbá e é integrante do PCC (Primeiro Comando da Capital), assim como Luiz Carlos. O chefe da quadrilha seria um detento da Capital. A Polícia segue com as investigações para identificar o motorista e o detento apontado como chefe.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions