A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

19/03/2010 20:29

Sem antecedentes, pedreiros ganham liberdade provisória

Redação

O juiz de Direito Olivar Augusto Roberti Coneglian concedeu liberdade condicional aos pedreiros Ari Nunes Rocha, de 52 anos, Marcelo de Lima Silvestre, de 24 anos, e ao mestre de obras Neri Crukoski, de 49 anos.

Ele haviam sido presos após terem sido flagrados demolindo um imóvel antigo na avenida Afonso Pena, próximo à avenida Calógeras. O imóvel fica em uma área de interesse cultural do município.

Nas três decisões, o magistrado entendeu que apesar de haver provas e indícios de autoria, os acusado são primários, tem ocupação lícita e residência fixa e não representam nenhuma ofensa à garantia da ordem pública, da aplicação da lei penal ou da conveniência da instrução criminal.

Os pedidos de liberdade provisória foram deferidos mediante o compromisso de comparecimento dos três a todos os atos do processo.

A demolição do imóvel havia sido embargada pela prefeitura na última terça-feira e a Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) denunciou a situação à Decat (Delegacia de Especializada de Crimes Ambientais e Proteção ao Turista), que foi ao local.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions