A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

02/02/2010 16:11

Sem tratamento de resíduos, licenças ambientais emperram

Redação

A crescente industrialização de Três Lagoas expõe uma necessidade crescente com as novas demandas ambientais: o tratamento e a reciclagem de resíduos industriais. Nesta quinta-feira (4), uma audiência pública discute a implantação da primeira empresa especializada no Estado, que pode abrir as portas para a chegada de novas indústrias e oferece condições de licenciamento ambiental para empreendimentos em fase de instalação no Estado.

A implantação da Empresa de Tratamento de Resíduos Industriais do Paraná (Etrip), de acordo com Mário Borges, diretor do grupo de consultoria Melo Franco, dá suporte para que grandes empreendimentos em fase de instalação no Estado, como a Florestal e a VCP, no setor de celulose, obtenham de forma mais ágil o licenciamento ambiental por parte da secretaria de Meio Ambiente.

Um dos impedimentos para o crescimento do setor, de acordo com o especialista, é justamente a falta de uma empresa comprometida com a coleta e o tratamento dos resíduos industriais instalada em Mato Grosso do Sul. "Com isso muitas empresas tinham atraso na liberação das licenças ambientais, já que precisavam planejar uma logística complicada para o transporte e o tratamento desses resíduos. O próprio Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) usa como condicionante para a liberação das licenças ambientais a destinação e tratamento dos resíduos industriais", explica Borges.

A Etrip deve entrar em funcionamento, de acordo com a assessoria, até 2011 e vai explorar um novo filão de mercado com a chegada das indústrias à região de Três Lagoas. Com isso os operadores esperam criar uma nova cadeia econômica e de empregos. "A instalação de uma empresa como essa garante às demais indústrias economia no tratamento de resíduos e cria uma série de novos empregos, porque cria um ponto favorável à instalação de novos empreendimentos", completa Mário Borges.

A audiência pública para apresentação do Relatório de Impacto Ambiental da Etrip acontece nesta quinta-feira, às 19 horas, no Souvenir Buffet, na Rua João Silva, 677, Centro, em Três Lagoas.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions