A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

01/06/2014 16:01

Semana do Meio Ambiente envolve 6 mil alunos em limpeza de rio e visita a museu

Caroline Maldonado
Alunos farão visita a museu durante a semana (Foto: Divulgação/PMA)Alunos farão visita a museu durante a semana (Foto: Divulgação/PMA)
Projeto Florestinha realiza atividades com estudantes durante o ano todo (Foto: Divulgação/PMA)Projeto Florestinha realiza atividades com estudantes durante o ano todo (Foto: Divulgação/PMA)

Nessa semana, mais de 6 mil estudantes de Campo Grande e do interior participarão de atividades promovidas pela PMA (Polícia Militar Ambiental) em comemoração ao “Dia Internacional do Meio Ambiente", que será na quinta-feira (5). Haverá palestras e teatros voltados para preservação do meio ambiente, além de plantio de mudas e visita a museus. As atividades fazem parte do Projeto Florestinha e do Projeto do NEAM (Núcleo de Educação Ambiental), ambos da PMA.

No sábado (7), a partir das 8h, em parceria com a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente, a PMA fará um mutirão de limpeza do rio Pardo, envolvendo a comunidade, pescadores profissionais e amadores, bem como os ribeirinhos. A PMA espera cerca de 25 embarcações participantes. As atividades partem do balneário Mantena à Usina Hidrelétrica Mimoso.

De acordo com a Polícia Militar, trabalhos realizados de limpeza de rios, ou de plantio de mudas e outras atividades envolvendo a comunidade têm o poder de despertar naqueles que ainda não se sensibilizaram com a questão ambiental, a refletirem sobre o seu papel na manutenção do ambiente equilibrado. Para a PM, essa reflexão é mais importante do que, propriamente, a sujeira que se retira dos locais.

Em Campo Grande, na quarta-feira (4), a partir das 14h, as crianças do Projeto Florestinha, em parceria com a Comissão de Meio Ambiente da Câmara Municipal de Campo Grande e com a Fundação Alphaville, realizará plantio de mudas nativas no Parque Cônsul Assaf Trad, envolvendo escolas e a comunidade da região.

No município de Deodápolis, as ações envolverão cerca de três mil alunos das escolas públicas e particulares, durante toda a semana. Os militares darão oficina de reciclagem de papel e palestra sobre os problemas relacionados aos resíduos sólidos. Para falar sobre os atropelamentos de animais silvestres e preservação da fauna e flora, os militares acompanharão os alunos em visita ao museu de animais empalhados.

A economia de energia é outro tema que a PM levará as escolhas, por meio da “Casa da Energia”, uma maquete de uma residência que mostra o consumo de lâmpadas, chuveiros, ar condicionado, geladeira e micro-ondas. No ano passado o Projeto Florestinha realizou atividades de educação ambiental para 11.917 alunos de escolas públicas e particulares da Capital e do interior. Neste ano, o NEAM atendeu 13.586 alunos, dentre esses 3.656 das escolas das aldeias de Miranda e Caarapó.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions