A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

22/09/2015 12:11

Semana do Peixe terá caminhão em bairros e ministério espera desconto de até 20%

Caroline Maldonado
Evento levará caminhão que vende peixe a bairros de Campo Grande e Dourados (Foto: Marcelo Calazans)Evento levará caminhão que vende peixe a bairros de Campo Grande e Dourados (Foto: Marcelo Calazans)
Ministério da Pesca e Aquicultura faz encontros com produtores para incentivar participação em Semana do Peixe (Foto: Divulgação/MPA)Ministério da Pesca e Aquicultura faz encontros com produtores para incentivar participação em Semana do Peixe (Foto: Divulgação/MPA)

O MPA (Ministério da Pesca e Aquicultura) inicia na próxima segunda-feira (30) a XII Semana do Peixe. Até o dia 16 de outubro, haverá caminhões estacionados em feiras, além de supermercados e peixarias oferecendo os produtos a preços menores, em Campo Grande e Dourados. As promoções serão feitas pelos produtores e estabelecimentos e não há valores definidos, mas o MPA espera que sejam feitos descontos de 10% a 20%.

Em Campo Grande, o caminhão fica na Feira Central, a partir das 8h, entre 30 de setembro e 3 de outubro e de 7 a 10 de outubro. No dia 4, o veículo estará na Feira do Guanandi e no dia 11, na Feira das Moreninhas. Em parceria com o Instituto Guataverá, o Senac (Serviço Nacional do Comércio) dará oficina de capacitação no preparo de pescados no Centro de Convivência do Idoso Vovó Ziza, no dia 1º de outrubro. 

Em Dourados, o veículo fica de 16 a 18 de outubro em estabelecimentos comerciais de pescado em diversos bairros, sempre a partir das 8h. No município, indústrias de pescado, peixarias e restaurantes participam da ação, além da prefeitura, Sindicato Rural e a UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados). A programação terá início no dia 13 de outubro com uma solenidade no sindicato. Professoras de Engenharia de Alimentos da universidade darão oficina gastronômica no dia 16 de outubro.

O caminhão conta com todos os equipamentos necessários para o funcionamento de uma peixaria, como câmaras frias, balcão expositor refrigerado, balanças. As peixarias que utilizarão o caminhão serão credenciadas pelo MPA e deverão apresentar a documentação comprovando que seguem as normas sanitárias, fiscais e trabalhistas necessárias para o trabalho de comercialização de pescado. No dia 28, o ministério fará reunião com produtores para dar detalhes sobre a participação no evento. 

Debate – Segundo o superintendente da Pesca e Aquicultura em MS, Luiz Davi Figueiró, já confirmaram participação na Semana do Peixe, o comerciante Linares Pescados, a Mais que Peixe, revendedora da Mariterra, o frigorífico Tabebuia, que fica em Dourados, além de supermercados vinculados a Amas (Associação Sul Mato-Grossense de Supermercados) e mais de 200 peixarias.

“Todos estão convidados e podem fazer ofertas nesse dia. Acredito que a maioria vai participar. Esse evento que ocorre no país todo é para incetivar a população a consumir mais peixe e também para levantar a questão da produção local”, disse Luiz Davi.

De acordo com o superintendente, o movimento é importante, porque entra no debate de como estão as condições de produção de pescado em MS. “Trazer peixe da China é uma coisa, as vezes chega aqui até mais barato, mas por que não produzir aqui? Há dificuldades com a falta de políticas públicas. Agora, esta tendo um debate maior, mas precisa também de interesse por parte do produtor. É uma série de fatores, mas principal e fazer com que o produtor se interesse por esse recurso que e tão nobre e tem que envolver prefeitura e Governo do Estado”, comentou. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions