A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

27/01/2011 21:37

Setas quer ampliar recursos para auxílio a entidades que combatem o crack

João Humberto e Jorge Almoas
Tania Garib disse que Setas fará esforço concentrado para auxiliar no combate ao crack em MS. (Foto: João Garrigó).Tania Garib disse que Setas fará esforço concentrado para auxiliar no combate ao crack em MS. (Foto: João Garrigó).

Uma das metas da Setas (Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social) para este ano, em Mato Grosso do Sul, é tentar viabilizar recursos federais junto ao Conselho Nacional Anti-Drogas e também com a Senad (Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas) para financiar a instalação de mais entidades que prestem serviços de prevenção e tratamento para usuários de crack no estado.

A informação é da secretária Tania Mara Garib, que participou nesta quinta-feira de reunião com o governador André Puccinelli (PMDB) no Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande. O peemedebista recebeu o primeiro escalão do governo para debater vários assuntos de governo.

Tania esclareceu que a Setas realizará um estudo aprofundado a respeito do crack em Mato Grosso do Sul, com informações pertinentes ao número de usuários e ações que devem ser feitas. Segundo a secretária, no estado há 36 entidades, entre comunidades terapêuticas e órgãos que atuam na prevenção ao consumo de drogas.

As entidades estão instaladas em 21 municípios de Mato Grosso do Sul, sendo que apenas dez recebem recursos para atuar no combate e prevenção ao crack.

Outra meta da Setas para este ano é aumentar o co-financiamento da assistência social aos municípios, por meio de um fundo estadual que distribui recursos aos fundos municipais para realizar suas atividades.

O aumento do Vale Renda, que subiu de R$ 130 para R$ 145 também foi citado por Tania Garib. Ela assegurou que o benefício atinge 60 mil famílias atualmente.

A respeito do relacionamento da Setas com as universidades, Tania pretende expandir as relações com essas instituições para ampliar as parcerias e perpetuar o Vale Universidade, cujas inscrições tiveram início em 17 de janeiro. Até agora, três mil alunos se cadastraram.

Cursos de qualificação profissional específica devem ser garantidos pela Setas aos municípios. A iniciativa pode vir a contar com o apoio da Seprotur (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo), chefiada por Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions