A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

04/04/2009 09:50

Sindicância da prefeitura não detecta fraudes na Emha

Redação

O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB), confirmou nesta manhã que sindicância foi aberta para averiguar possíveis fraudes na Emha (Empresa Municipal de Habitação). Porém, segundo ele, nada foi detectado.

"Foi instalada a sindicância, mas não tem ninguém da Emha envolvido nesse rolo não", confirmou o prefeito, durante inauguração de um conjunto residencial no jardim Centenário, em Campo Grande.

O "rolo" a que o prefeito se refere é um escândalo envolvendo a Agehab (Agência Estadual de Habitação). Os "cabeças" do golpe ofereciam vantagens na concessão de casas populares e sumiam com o dinheiro das vítimas.

Depois disso, cogitou-se a possibilidade de envolvimento de funcionários da Emha em escândalo semelhante. A possibilidade foi aventada pelo deputado federal Vander Loubet (PT), acusado de envolvimento no esquema.

Na prática, após o golpista Ademar Mariano, preso pela PRF (polícia Rodoviária Federal), afirmou integrava um complô de Vander contra o senador Delcídio do Amaral (PT/MS). O deputado nega tudo.

O presidente da Emha, Paulo Matos, disse que conversou com Vander Loubet sobre o assunto e o deputado disse para não levar em consideração a possibilidade de envolvimento da empresa de habitação, já que a informação não era oficial e chegou via telefone.

"Mesmo assim fizemos uma checagem no período e graças a Deus não detectamos nada", garantiu.

Matos também revelou que o sistema de cadastramento foi modificado. "Nosso sistema é blindado agora. Se houver qualquer problema, sabemos quem fez a inserção, em que horário, se houve alguma modificação no cadastro e quem fez isso", explicou.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions