A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

21/01/2009 17:10

Sindicato confirma desrespeito a lei por auto-escolas

Redação

O presidente do Sindif (Sindicato dos Instrutores e Funcionários de Centro de Formação de Condutores no Estado de Mato Grosso do Sul), Paulo Benites, denuncia o que ele definiu como "falcatruas" das auto-escolas. Segundo ele, muitas empresas do ramo têm vendido pacotes com cinco aulas, a um preço médio de R$ 9 por aula, e depois obrigam os instrutores a venderem aulas excedentes.

Ele explica que os instrutores têm que cumprir as cotas estipuladas por cada auto-escola, caso contrário, correm o risco de serem despedidos. "Se o instrutor não vende mais aulas, das quais eles têm comissão, eles recebem apenas com o piso salarial, que é de R$ 601", detalha.

"Os alunos são simplesmente extorquidos pelas auto-escolas. Além disso, é um desrespeito a atual legislação que exige vinte horas aulas", diz Benites.

No dia 8 de janeiro, o Campo Grande News já havia denunciado que a nova lei do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) não estava sendo respeitada.

Desde 1º de janeiro deste ano, o futuro motorista deveria assistir 45 horas de aula teórica e fazer 20 horas de aulas práticas. Até o ano passado eram 30 horas-aula de ensino teórico e 15 horas-aula de prática. Mas não é isto o que está acontecendo na Capital.

O Campo Grande News apurou que pelo menos quatro auto-escolas encontraram meios para burlar a norma. A estratégia é "sugerir" alternativas para os clientes que podem optar por deixar de fazer aulas obrigatórias.

Ao informar que você pretende tirar a carteira de motorista o atendente do outro lado pergunta: "você sabe dirigir?". Caso a resposta seja positiva, a primeira proposta que o cliente recebe é de um pacote promocional com cinco horas de aula prática.

Apenas a quantidade de aulas teóricas é respeitada. Quem optar por este "pacote" paga R$ 350 pela Habilitação de carro e R$ 370 por carro e moto, em média.

Também há quem trabalhe com a quantidade de aulas do ano passado, ou seja, 15 horas práticas e 30 teóricas. Por este pacote o cliente paga R$ 670. Ainda é possível achar o "pacote promocional", este com apenas dez aulas práticas

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions