A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

01/12/2010 13:25

Soldado preso em Jardim cometeu crime de peculato

Redação

A Corregedoria da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul encaminhou nota à imprensa sobre a prisão do soldado na noite de ontem, enquanto assistia aula em uma universidade. A PM explica que a prisão de Mario Sergio Peixoto Leite é legítima, uma vez que o soldado cometeu o crime de peculato, quando alguém se aproveita de bem público em benefício próprio.

De acordo com a nota, assinada pelo corregedor da PM Ten. Cel. Washington Geraldo de Oliveira, o soldado cometeu vários atos ilícitos, pois estava enganando seu superior e prejudicando a comunidade do município de Jardim.

Na noite de ontem, Mario Sérgio estava assistindo aula no curso de Geografia na UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) quando foi preso por policiais da Corregedoria da PM.

O soldado estava fardado e utilizava uma motocicleta da Policia Militar, a qual foi fotografada no estacionamento da universidade.

No período em que estava na aula, o soldado deveria estar realizando patrulhamento pela cidade, localizada a 233 quilômetros de Campo Grande. A Corregedoria destaca que a ação de prender um policial em situação incoerente com sua função é o papel do órgão.

A nota ressalta que todo cidadão, no caso específico do policial militar, tem direito de estudar, desde que não esteja de serviço ou utilizando veículo oficial.

Câmara de Vereadores entrega meio milhão de reais em emendas parlamentares
A Câmara Municipal de Costa Rica, a 305 quilômetros de Campo Grande, realiza nesta segunda-feira (dia 11) três sessões, duas delas especiais. Às 14h ...
Município de Itaporã comemora 64 anos de emancipação neste domingo
Conhecido como Cidade do Peixe, Itaporã, distante 227 km de Campo Grande, comemora 64 anos de emancipação neste domingo (10). A prefeitura municipal ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions