A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Janeiro de 2019

08/10/2010 15:29

Suspensão de vacina não representa risco, afirma CCZ

Redação

O CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) informou que a suspensão preventiva das campanhas de imunização contra a raiva não representa risco tanto para os animais como para a população.

O órgão da Prefeitura de Campo Grande reforça que não há registro de raiva há mais de 20 anos na Capital.

De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, o controle da raiva é feito com medidas preventivas, como manter os animais longe dos vetores que transmitem a doença, tais como morcegos.

No período de 12 de agosto a 6 de outubro, as Secretarias Estaduais de Saúde notificaram 1.401 eventos graves envolvendo animais, sendo que 217 resultaram em mortes.

Os óbitos foram registrados em Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, Espírito Santo, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Maranhão, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, São Paulo e Tocantins.

Até quarta-feira (6), foram imunizados 5,8 milhões de cães e gatos em todo o Brasil. Os sintomas nos animais começaram em até 72 horas após a aplicação da vacina.

Opção

Mega-Sena acumula e pode pagar até R$ 38 milhões na quarta
Ninguém acertou as seis dezenas da sorte na noite deste sábado (19) e o prêmio da Mega-Sena acumulou em R$ 38 milhões. O próximo sorteio está previst...
OMS lista as 10 principais ameaças para a saúde em 2019
Surtos de doenças preveníveis por vacinação, altas taxas de obesidade infantil e sedentarismo, além de impactos à saúde causados pela poluição, pelas...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions