A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

15/04/2008 07:57

Tatuador assassinado teria brigado dias antes em posto

Redação

Assassinado no dia 25 de março, o tatuador Luciano Estevão dos Santos, o Johnny, teria brigado em um posto de combustíveis uma semana antes do crime. A briga teria ocorrido no posto Trokar, localizado nas proximidades do estúdio dele.

A Polícia Civil recebeu esta informação nesta terça-feira e ainda não sabe o motivo nem com quem foi a briga. As circunstâncias e a veracidade da informação já estão sendo apuradas.

Caso seja confirmada a briga, o assassinato pode ter ligação com este fato, já que não há informações sobre outros desentendimentos relacionados à vítima.

Johnny foi assassinado com dois tiros nas costas por um homem de olhos claros, branco e que usava boné e estava com os cabelos molhados. O autor pediu para falar com Johnny e ao chegar na sala dele, o obrigou a deitar no chão, junto com o recepcionista, e o matou.

O assassino já teria ido outro dia ao estúdio. Antes de atirar, teria dito que a morte do tatuador havia sido encomendada.

Já foi feito retrato falado do autor. Diversas testemunhas já foram ouvidas e nenhuma reconheceu algum suspeito.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions